domingo, 31 de julho de 2011

CONTROVÉRSIAS NA HISTÓRIA DA HELLO KITTY




1ª HISTÓRIA: - Uma mulher queria muito engravidar, ela tentava e tentava e nada acontecia, até que depois de várias tentativas a mulher conseguiu, só que quando ela teve a filha, ela nasceu sem boca. a mulher desesperada matou a filha, quando seu marido soube ele a largou, ela então entrou em uma profunda depressão e arrependimento, ela passou vários e vários anos isolada, quando então ela decidiu criar a gatinha (Hello Kitty) para homenagear a filha, isso explica o por que da Hello não ter boca.




2ª HISTÓRIA: - Quando surgiu, em 1974, Hello Kitty ainda não tinha nome. Sua primeira aparição foi com lacinho vermelho na orelha esquerda e sentada, o suficiente para conquistar o mundo todo com seu charme e meiguice!
Um ano depois, em 1975, a gatinha ganhou um nome (aquele que todas nós conhecemos): Hello Kitty.
Também neste ano, sua família foi criada e seu primeiro produto foi lançado: um porta-moedas.
Em 1976, a companhia Sanrio incorporou a marca Hello Kitty e, para comemorar, criou uma nova pose para ela: em pé.
Satisfeitos com o sucesso da nova pose, em 1977 a Sanrio lançou uma nova imagem: dessa vez a Hello Kitty apareceu pilotando um avião.
Em 1978, Hello Kitty já aparecia com roupas e poses diferentes, em lugares variados também.
Grandpa (vovô) e Grandma (vovó) foram introduzidos na família da Kitty, em 1979.
Em 1980, no auge do esporte tênis, Hello Kitty foi lançada como tenista, conquistando mais um público de fãs!
No ano de 1981, a Sanrio lançou outros tipos de produtos da Hello Kitty, como câmeras, telefones e outros eletrônicos. Foi também neste ano que foi lançado o primeiro filme da Kitty: "O novo guarda-chuva de Kitty e Mimi".
Após conquistar a União Soviética com sua coleção xadrez, em 1983 Hello Kitty foi nomeada criança embaixatriz da Unicef naquele país.
Hello Kitty ganhou mais um amiguinho, em 1985: Tiny Cham.
Também neste ano foi lançada sua imagem cozinhando, o que conquistou pais como fãs!
Com a intenção de atrair mais fãs adultos, em 1987 a Sanrio lançou uma coleção branco e preto da Hello Kitty.
Em 1988, o primeiro desenho animado da Kitty foi transmitido na tv, pela emissora CBS Television.
Foi em 1990 que o parque temático da Hello Kitty (Sanrio Puroland Theme Park) foi inaugurado.
Hello Kitty foi nomeada criança embaixatriz da Unicef também no Japão, em 1994:
Um novo tipo de produto foi lançado, em 1989: quadrinhos.




3ª HISTÓRIA:  - Havia uma menina de cerca de 14 anos, que estava em fase terminal de câncer de boca. Os médicos já haviam tirado todas as esperanças da família em relação a cura da garotinha. A mãe da menina desesperada, tomou uma decisão insana. Fez um pacto com o Demônio, ela consagrou a menina ao Demônio para que ele a curasse, e como promessa criaria uma marca que afetaria todo o mundo (no caso a Hello Kitty).

Posteriormente o Demônio curou a garotinha, e a mãe cumpriu o que havia prometido: criou a Hello Kitty.





E AGORA??? QUAL SUA OPINIÃO???

quinta-feira, 28 de julho de 2011

Apenas ...




um revoar em céus não azuis, mas de mil cores

um remoinho de emoções impensáveis que ultrapassam o meu sentir

um enovoar de visão que me transporta  para um mundo irreal, belo


um sorrir constante, uma alegria interna que me ultrapassa


um estado de entrega total, de mim mesma para mim mesma

um estado em que minhas orações foram todas respondidas, sentindo-as
tornando-me completa

um vibrar interior que faz renascer a minha alma, de novo, sem limitações


uma alegria tomada em toda minha alma, como se fosse parte sempre minha


como sentida para sempre


um sentir de ter encontrado o sentido da vida

esperado desde que nasci, e ainda, aqui, não encontrei


um momento como esse ...

posso estar sonhando, acordada,


mas sei, dentro em mim


que um  momento como esse


eu já senti ...








Analuz

A MORAL


Um mestre do Oriente viu quando um escorpião estava se afogando e decidiu tirá-lo da água, mas quando o fez, o escorpião o picou.
Pela reação de dor, o mestre o soltou e o animal caiu de novo na água e estava se afogando.
O mestre tentou tirá-lo novamente e outra vez o animal o picou.
Alguém que estava observando se aproximou do mestre e lhe disse:
- Desculpe-me mas você é teimoso! Não entende que todas as vezes que tentar tirá-lo da água ele irá picá-lo?
O mestre respondeu:
- A natureza do escorpião é picar, e isto não vai mudar a minha, que é ajudar.
Então, com a ajuda de uma folha, o mestre tirou o escorpião da água e salvou sua vida, e continuou:
- Não mude sua natureza se alguém te faz algum mal; apenas tome precauções. Alguns perseguem a felicidade, outros a criam. Quando a vida te apresentar mil razões para chorar, mostre- lhe que tens mil e uma razões pelas quais sorrir.
- Preocupe-se mais com sua consciência do que com sua reputação. Porque sua consciência é o que você é, e sua reputação é o que os outros pensam de você.
-E o que os outros pensam… é problema deles.

quarta-feira, 27 de julho de 2011

O Riso de uma lágrima



O Riso de uma lágrima

Hipocrisia é para os fortes,

Manter um orgulho assim é trabalhoso e não é simples sorrir enquanto chora,
A força do hipócrita se concentra em seu escudo,
Me desarmo e vivo a verdade admitindo minha fraqueza e vencendo os poucos grandes mentirosos com muitas pequenas verdades

Autor: Bruno Cosmo

A pergunta sem resposta





Essa é uma pergunta que já tirei há muito tempo da cabeça, justamente porque não sei respondê-la.

Não sou o único. No decorrer de todos estes anos, convivi com todo tipo de pessoas: ricas, pobres, poderosas e acomodadas. Em todos os olhos que cruzaram com os meus, sempre achei que estava faltando algo – e estou incluindo aí guerreiros, sábios, gente que não teria nada para se queixar.


Algumas pessoas parecem felizes: simplesmente não pensam no tema. Outras fazem planos: vou ter um marido, uma casa, dois filhos, uma casa de campo. Enquanto estão ocupadas com isso, são como touros em busca do toureiro: não pensam, apenas seguem adiante. Conseguem seu carro, às vezes conseguem até sua Ferrari, acham que o sentido da vida está ali, e não fazem jamais a pergunta. Mas apesar de tudo, os olhos traem uma tristeza que nem estas pessoas sabem que tem.


Não sei se todo mundo é infeliz. Sei que as pessoas estão sempre ocupadas: trabalhando além da hora, cuidando dos filhos, do marido, da carreira, do diploma, do que fazer amanhã, o que falta comprar, o que é preciso ter para não sentir-se inferior, etc.


Poucas pessoas me disseram: “sou infeliz”. A maioria me diz “estou ótimo, consegui tudo o que desejava”.


Então pergunto: “o que lhe faz feliz?”


Resposta: “Tenho tudo que uma pessoa podia sonhar – família, casa, trabalho, saúde”.


Pergunto de novo: “Já parou para pensar se isso é tudo na vida?”


Resposta: “Sim, isso é tudo”.


Insisto: “então o sentido da vida é trabalho, família, filhos que vão crescer e lhe deixar, mulher ou marido que se transformarão mais em amigos que em verdadeiros apaixonados. E o trabalho vai terminar um dia. O que fará quando isso acontecer? “


Resposta: não há resposta. Mudam de assunto. Mas sempre existe algo escondido: dono de empresa que ainda não fechou o negócio que sonhava, a dona de casa que gostaria de ter mais independência ou mais dinheiro, o recém-formado se pergunta se escolheu sua carreira ou a escolheram por ele, o dentista queria ser cantor, o cantor queria ser político, o político queria ser escritor, o escritor quer ser camponês.


Nesta rua onde escrevo a coluna e olho as pessoas caminhando, posso apostar que todo mundo está sentindo a mesma coisa. A mulher elegante que acaba de passar gasta seus dias tentando parar o tempo, controlando a balança, porque acha que disso depende o amor. No outro lado da calçada eu vejo um casal com duas crianças. Eles vivem momentos de intensa felicidade quando saem para passear com os filhos, mas ao mesmo tempo o subconsciente pensa no emprego que pode faltar, nas tragédias que podem acontecer, como se livrar delas, como se proteger do mundo.


Folheio as revistas de celebridades: todo mundo rindo, todo mundo contente. Mas como freqüento este meio, sei que não é assim: está todo mundo rindo ou se divertindo naquele momento, naquela foto, mas de noite, ou de manhã, a história é sempre outra. “O que vou fazer para continuar aparecendo na revista?” “Como disfarçar que já não tenho dinheiro o suficiente para sustentar meu luxo?” “Ou como administrar meu luxo fazê-lo maior, mais expressivo que o dos outros?” “A atriz com quem estou nesta foto rindo, celebrando, pode roubar meu papel amanhã!” “Será que estou mais bem vestida que ela? Por que sorrimos, se nos detestamos?”


Enfim, fico com os versos de Jorge Luis Borges: “Já não serei feliz, e isso não importa/ há muitas outras coisas neste mundo”.


Só isso?


Sri Ramakrisna conta que um homem estava preste a cruzar um rio quando o mestre Bibhishana se aproximou, escreveu um nome numa folha, amarrou-a nas costas do homem, e disse:


- Não tenha medo. Sua fé lhe ajudará a caminhar sobre as águas. Mas no instante em que perder a fé, você se afogará.


O homem confiou em Bibhishana, e começou a caminhar sobre as águas, sem qualquer dificuldade. A certa altura, porém, teve um imenso desejo de saber o que seu mestre havia escrito na folha amarrada em suas costas.


Pegou-a, e leu o que estava escrito:


“Ó deus Rama, ajuda este homem a cruzar o rio”.


“Só isto?”, pensou o homem. “Quem é esse deus Rama, afinal?”


No momento em que a dúvida instalou-se em sua mente, ele submergiu e afogou-se na correnteza.


Texto de Paulo Coelho

A Fé move montanhas




"Porque em verdade vos afirmo que, se alguém disser a este monte: Ergue-te e lança-te no mar, e não duvidar no seu coração, mas crer que se fará o que diz, assim será com ele" (Marcos 11:23; veja Mateus 17:20; 21:21; 1 Coríntios 13:2).

Um grande sábio e mestre falou esta frase há muitos e muitos anos. O que ele não sabia, ou até talvez soubesse, é que todos estes anos depois, o homem continua com o mesmo problema: a falta de fé.


Atendo pessoas o tempo todo. E o que mais vejo é como todo mundo tem pouca fé nas coisas, nas pessoas, em Deus, no Universo, no invisível. Hoje mesmo vi um colega tendo uma síncope quando uma pessoa apareceu para alugar um salãozinho que ele tem. A pessoa veio munida de todos os seus documentos, fotos, registros em cartório e os documentos da franquia que pretende abrir. Meu colega chegou a ser rude com ele, pedindo toda a documentação. Olhou feio, fez pouco caso, como se aquele fosse um assassino em série querendo abrir uma loja de cama/mesa e banho. Começou a viajar no acontecimento. Pensou tanto, tanto e em tantas fantasias que se viu, lá pelas tantas, tentando descobrir uma maneira de conseguir um mandato de busca e apreensão dos seus bens. Na cabeça dele toda a história estava pronta: ele é uma pessoa de má índole que quer me prejudicar. O resto foram as fantasias, todos os filmes que ele viu, todos os livros que leu e toda a desconfiança no resto da humanidade que ele ainda carrega. Complicado!


Claro que não estou dizendo que devemos ser ingênuos e acreditar em todas as lorotas que nos contam. Claro que as nossas metas precisam respeitar os seus limites, assim como nós, humanos, estamos encarcerados no limite do nosso corpo, do nosso espaço, da nossa vida. Não existem santos e demônios. Existem sim, os dois arquétipos dentro de nós mesmos.


Pois bem, mas o que custa dar um voto de confiança para uma pessoa que está provando, por documentação, que é idônea? A falta de fé na humanidade. E, claro, a falta de fé na humanidade pode nos levar a todo feito de falta de fé. Em Deus, naquilo que queremos para o nosso futuro, na vida após a morte e, principalmente, que o Universo sempre está do nosso lado.


Não acreditamos mais. Queremos cada dia mais provas. Provas que podemos confiar no amor de alguém. Precisamos ouvir 120 vezes "Eu te amo" no mesmo dia para entender que, talvez, aquele cara realmente nos ame. Precisamos ver na balança que emagrecemos o suficiente. Precisamos caber no vestido PP, que prova que somos magras. Provas, procuramos provas e restígios numa religião nova chamada ciência. A ciência sim acaba com a fé, quando nos faz perder a fé em si e procurar provas dentro da gente.


Precisamos nos provar o tempo todo. Relacionamos a nossa vida como uma lista bem definida (campo sentimental, intelectual, financeiro, profissional, etc..). Quanto maior a neurose, maior é a lista. E sim, precisamos ter tudo. E precisamos ter tudo bem. E o tempo todo. Até admitimos que possamos não nos sentir muito bem por, sei lá, cinco minutos ou dez, mas não mais do que isso. Não temos tempo de não sermos felizes. Precisamos ser felizes aqui, agora e sempre.


E nem sabemos o que diabos é a tal da felicidade. Só imaginamos que quando a nossa lista estiver completa aí, sim, podemos pensar em ser felizes. Só que tem só um pequeno detalhe: a nossa lista é infinita. E cada vez que chegamos a um determinado ponto, percebermos que temos que avançar duas casas no jogo da vida, ou ficaremos para trás. Comparamos-nos com todos ao nosso redor. Olhamos as idades das atrizes de TV, mesmo que a maioria esteja dizendo uma baita mentira, e pensamos em nós com aquela idade. "Quando eu tiver 60 quero ser como a Angela Vieira". Pois é, só esquecemos que nós não somos a Angela Vieira, nem vegetarianas, nem fazemos 300 abdominais por dia, e não estamos nem aí mandando ver no churrascão de domingo. Queremos um sonho de pessoa que não somos. Aí, de noite, nos sentamos e rezamos a Deus que nos ajude a ficar magra, a ser saudável, a ter boas idéias, bons filhos, excelentes casamentos e muito dinheiro no banco. Tudo isso com a barriga empanturrada de macarrão, sem fazer uma caminhada até a padaria há dois anos e depois de uma pequena farra de compras no shopping, "porque a gente merece".


E ainda me vem falar que Deus não atende aos seus pedidos?


Deus, ou o Universo, como eu gosto de chamar, é uma energia que sempre, sempre, sempre está do nosso lado. Se ele nos vê relaxada, gastando à vontade e depois ficando culpadas, ele nos dá culpa e mais dívidas. Se ele nos vê procurando o cara mais canalha do bar para se interessar, ele arruma um pior do que o outro. Ele só faz o que você faz e não o que você pede. Pedir não adianta de nada. Ao invés de pedir, faça. Faça a sua parte e só depois espere pelo resultado. Aí sim, você poderá falar que o Universo não está colaborando e tem alguma coisa errada. Mas, do contrário, não acontece isso.


Outro dia mesmo eu queria uma vaga em frente a um banco que só tem uma única vaguinha na porta. Fechei os olhos e pensei numa situação ideal. Claro, fui numa boa, sem pressa e sem estresse, porque simplesmente sabia e confiava. Quando eu cheguei, o carro parado na vaga estava saindo. Perdi a conta das vezes em que isso aconteceu comigo. E as vezes que isso aconteceu com outras pessoas que também passaram a acreditar nisso. Isso é a verdadeira fé. Não é ficar como joelho esfolado na igreja, mas sim sentir Deus no fundo do seu coração. Sentir que você é uma energia maior e perfeita. 






E que é até uma sacanagem você se achar imperfeito já que 90% do seu material é divino. Você é a representação de Deus, é onde ele se manifesta. Ele não pode trocar um sapato na loja sem você. Ele não pode decorar a sala sem você. Ele não pode ajudar um cão faminto sem você. Você é um porta-voz de Deus. Você é alguém para o qual ele passou uma procuração de viver todas as experiências da vida. As boas e as ruins. As que causam conforto e as que doem os seus pés e o seu coração. O resto é um monte de besteira que colocamos na cabeça e que o nosso diabo (interno) teima em nos dizer. E é isso que Jesus, Maomé, Buda, Osho, todo mundo quis dizer até hoje. Simplesmente seja Deus. Acorde Deus e durma Deus. Viva Deus e morra Deus. Ninguém no planeta é menos do que isso.

Acorde para o seu Deus interior e entenda que a sua fé pode sim mover as montanhas.


Andrea Pavlovitsch

Como dar vida às nossas vidas



As Transformações Começam Conosco
 

Há um antigo ditado japonês:
"Se houver relacionamento, faço; se não houver relacionamento, saio".
Um Mestre Zen, no final do século passado, fez a seguinte alteração:
"Havendo relacionamento, faço; não havendo, crio relacionamento".

Essa mudança de paradigma é extremamente importante. Devemos também lembrar que criar um relacionamento não significa, necessariamente, obter resultados imediatos, embora muitas vezes estes ocorram.


Novos relacionamentos em padrões antigos perdem seu significado. Precisamos criar relacionamentos a partir de novas maneiras de nos relacionar, de ver o mundo, de ser, de inter ser. Essa nova maneira pode, inclusive, recarregar de energia positiva antigos relacionamentos.


Para descobrirmos novas maneiras precisamos, primeiramente desenvolver a capacidade de perceber como estão nossos relacionamentos atuais.


Observe e considere meticulosamente a si mesmo. Perceba como está se relacionando em casa, na rua, no trabalho, no lazer. Perceba como respira, como anda, como toca nos objetos, como usa sua voz, como são seus gestos e como são seus pensamentos e os não pensamentos. Esse observar não deve ser limitante, constrangedor, confinador. Apenas observe. Como você se relaciona com o meio ambiente, biodiversidade, reciclagem, justiça social, melhor qualidade de vida, guerras, violência, terror, paz, harmonia, respeito, garantia dos Direitos Humanos? Como você e o seu logos se relacionam entre si e em relação aos projetos de sucesso, de lucro, de desenvolvimento e progresso de sua organização?


Como está se relacionando com o mais íntimo de si mesmo, com a essência da Vida, com o Sagrado?


Será que é capaz de ver, ouvir, sentir e perceber a rede de inter relacionamentos de que é feita a vida? Percebe e leva em consideração, na tomada de decisões, a interdependência?


Tanto individualmente, como no coletivo, nossa participação e compreensão como estão? Será que estamos conscientemente vivendo nossas vidas e direcionando nossos pensamentos, ações e palavras para o sentido de mudança que queremos e sonhamos?


Mahatma Gandhi disse: "Temos de ser a transformação que queremos no mundo".


Geralmente pensamos no mundo como alguma coisa distante e separada de nós, mas nós somos a vida do universo em constante movimento. Podemos até dizer que o mundo somos nós. Nossa vida forma o mundo, é o mundo, não apenas está no mundo. Inclui todas as formas de vida e seus derivados e nos inclui neste instante, instante após instante. Há um monge chinês do século VII, Gensha Shibi , que dizia : "O Universo é uma jóia arredondada. Somos a vida desse universo em constante transformação. Nada vem de fora, nada sai para fora".


De momento a momento tudo está mudando, nós fazemos parte dessa mudança e podemos escolher, discernir qual o caminho que queremos dar a esse constante transformar. É por isso que digo que a transformação começa em nós. Na verdade vai além de apenas começar. É em nós. Nossa capacidade humana de inteligência e compreensão nos permite fazer escolhas. E o que estamos escolhendo?


Outra frase de Mahatma Gandhi:

"Quando uma pessoa dá um passo em direção à Paz, toda a humanidade avança um passo em direção à Paz"

A minha decisão, a sua decisão pode transformar ou influenciar a direção da mudança.

Há um sutra budista que descreve o mundo como uma rede de inter relacionamentos. Como se fosse uma imensa teia de raios luminosos e em cada intersecção uma jóia capaz de receber essa luz e emitir raios em todas as direções. Qualquer pequena mudança afeta o todo. Cada ser que se transforme em um ser de paz, de harmonia, de ternura, carinho e respeito pela vida em todas as suas formas estará sendo uma mudança viva e influenciando tudo e todos.

Qual o primeiro passo? Conhecer a si mesmo. Conhecer nossos mecanismos.


O que nos afeta, nos incomoda? O que nos alegra? O que nos irrita? Como transformar a raiva em compaixão? Como transformar o desafio em competição leal, justa, empreendedora, enriquecedora? Sem nos preocuparmos com os créditos, se formos capazes de fazer o bem, não fazer o mal, fazer o bem aos outros estaremos transformando nossos lares, nossas amizades, nosso ambiente de trabalho, nossas organizações, nossas cidades, estados, países, nações, mundo... e a nós mesmos...no florescimento da Cultura da Paz.


"Estudar o Caminho de Buda é estudar a si mesmo. Estudar a si mesmo é esquecer-se de si mesmo. Esquecer-se de si mesmo é ser iluminado por tudo que existe. Transcender corpo e mente seu e dos outros. Nenhum traço de iluminação permanece e a Iluminação é colocada à disposição de todos os seres." (Mestre Zen Eihei Dogen - 1200-1253)


É importantíssimo que iniciemos este "estudar a si mesmo", já. Cada um de nós que perceber seu próprio mecanismo ficará em controle desse mecanismo e não mais à mercê de seus sentimentos e emoções, desejos e frustrações, puxado, empurrado, espremido e puxando, empurrando, espremendo - envenenados pela ganância, raiva e ignorância.


Imagine um mundo aonde podemos brilhar uns para os outros, sem ódios, mas com carinhoso respeito e terna compreensão. Percebendo nossas diferenças, aceitando a diversidade da vida e juntando nossas capacidades tanto intelectuais como físicas na construção desse verdadeiro Céu, Paraíso, Terra Pura, Shambala de que falam as religiões, todas elas.


Cabe a nós, a cada um de nós criar esse relacionamento de carinho com a vida, de ternura com todos os seres, de compreensão, de sabedoria e compaixão para percebermos o Caminho Iluminado e o Nirvana permeando toda a existência.

Isso é dar vida à nossa própria vida.



Por: Monja Coen

terça-feira, 26 de julho de 2011

Hoje



e porque hoje me sinto sem forças, como que esvaecida


meu corpo, minha mente, lento, cansada, pouco reagem a nada


porque dentro vivo um remoinho de emoções que se tornam pesos


me arrastam por pensamentos que não tenho vontade de os seguir


e nem mesmo a música na sua candura me eleva


me entrego, por decisão minha,  ao sono que carrego nas pálpebras 



sabendo, de certo, que no dormir combaterei os monstros que hoje


me acompanham ...

SALMO 5 - Para sentir a presença de Deus em todos os momentos e para afastar energias negativas.





1 Dá ouvidos às minhas palavras, ó Senhor; atende aos meus gemidos.

2 Atende à voz do meu clamor, Rei meu e Deus meu, pois é a ti que oro.

3 Pela manhã ouves a minha voz, ó Senhor; pela manhã te apresento a minha oração, e vigio.

4 Porque tu não és um Deus que tenha prazer na iniqüidade, nem contigo habitará o mal.

5 Os arrogantes não subsistirão diante dos teus olhos; detestas a todos os que praticam a maldade.

6 Destruis aqueles que proferem a mentira; ao sanguinário e ao fraudulento o Senhor abomina.

7 Mas eu, pela grandeza da tua benignidade, entrarei em tua casa; e em teu temor me inclinarei para o teu santo templo.

8 Guia-me, Senhor, na tua justiça, por causa dos meus inimigos; aplana diante de mim o teu caminho.

9 Porque não há fidelidade na boca deles; as suas entranhas são verdadeiras maldades, a sua garganta é um sepulcro aberto; lisonjeiam com a sua língua.

10 Declara-os culpados, ó Deus; que caiam por seus próprios conselhos; lança-os fora por causa da multidão de suas transgressões, pois se revoltaram contra ti.

11 Mas alegrem-se todos os que confiam em ti; exultem eternamente, porquanto tu os defendes; sim, gloriem-se em ti os que amam o teu nome.

12 Pois tu, Senhor, abençoas o justo; tu o circundas do teu favor como de um escudo.

Eu ...


Eu ...


Eu sou a que no mundo anda perdida,
Eu sou a que na vida não tem norte,
Sou a irmã do Sonho,e desta sorte
Sou a crucificada ... a dolorida ...


Sombra de névoa tênue e esvaecida,
E que o destino amargo, triste e forte,
Impele brutalmente para a morte!
Alma de luto sempre incompreendida!...


Sou aquela que passa e ninguém vê...
Sou a que chamam triste sem o ser...
Sou a que chora sem saber porquê...


Sou talvez a visão que Alguém sonhou,
Alguém que veio ao mundo pra me ver,
E que nunca na vida me encontrou! 

FLORBELA ESPANCA

Linda Pa ti (Luar)


segunda-feira, 25 de julho de 2011

Verdades




"A árvore, quando está sendo cortada, observa com tristeza que o cabo do machado é de madeira. (Provérbio árabe)"


e eu acrescento; porque todos somos vida!!

Fiquei sabendo




sei


agora sei!!


quanto mais busco, a verdade, mais longe, a sinto longe


e como sei, aprendi


daqui e dali, verdades, orientações, conselhos, doutrinas, sabedorias, 


e sentida a verdade dentro em mim, a recolhia, a prendia, nas minhas mãos, como um pássaro pequenino para não voar


mas vinha uma águia e a levava ...


e ficava sem ela, mas outra vinha, e outra, e outra,

e, sei, agora sei,

como aprendi ...


a verdade não a saberemos nunca, aqui, nunca


porque somos, apenas, reflexo dela,


e por o sê-lo não a encontramos,

e sei,


agora sei, que por muito que a busque, não a encontrarei, nem a conhecerei, aqui 


e assim, apenas decido ficar


com tudo o que sou ...


com o que minha alma recorda, e eu não 


e sei, como sei,  agora, 


como única verdade que tenho

que  quando não busco nada 

encontro-me apenas a mim....



Analuz

Conselhos de vida ...



"Às vezes os problemas são sinais de que chegou a hora de o guerreiro iniciar uma nova batalha."
Roberto Shinyashiki
 
 

domingo, 24 de julho de 2011



o que eu quero mesmo é voar...

voar, como um pássaro livre, e tão livre ...

e sentir o vento nas minhas asas, o sol, a chuva, tudo em mim,

voar, para alcançar um mundo que não este no meu voou

e sentir, na alma, que sou capaz de ser apenas

um ser livre, sem amarras, nenhumas, e assim afastar a minha dor

e eu ainda acredito,  que vou conseguir voar, um dia

e voando afasto-me da minha dor,

e nesse voar, eu sei, vou te alcançar, a tua verdade. quando, voando, chegar até ti

mesmo que não o consiga, ora, acredito, como acredito,

que um dia vou voar, e chegar a te TI ....

 e até lá, vou procurando minhas asas, que aqui perdi ...



ANaluz

sexta-feira, 22 de julho de 2011

11 PODEROSOS MANTRAS DA CABALA PARA MEDITAR





Kodoish Kodoish Kodoish Adonai Tsebayoth
Santo Santo Santo é o Senhor das Hostes

Um dos 72 nomes de Deus na Cabala
E a nível espiritual a abordagem mais profunda sobre a ativação do Corpo de Luz em técnica e teoria. Tras enúmeros beneficios e curas, assim como rejuvenescimento, expansão da consciência, ativação da prosperidade, bílocação, etc ...
Repita esse Mantra todos os dias e em situações que sinta a real necessidade.


Mantra KODOISH, KODOISH, KODOISH ADONAI TSEBAYOTH (Santo, Santo, Santo é o Senhor, Soberano do Universo) Pronúncia: Kodóich, Kodóich, Kodóich Adonói Tsabeyót O mantra Kodoish, une todos os biorritmos do corpo (personalidade encarnada) com os ritmos espirituais do corpo do Eu Superior (Ajustador de Pensamento), de modo que todos os sistemas circulatórios operem como um batimento do coração cósmico. O mantra Kodoish, Kodoish, Kodoish Adonai Tsebayoth deve ser feito para discernir entre as forças celestiais espirituais e as "negativas". A saudação ativa um padrão de ressonância com o Trono do Pai que as "forças negativas" não conseguem suportar quando cumprimentadas com esta saudação. Esta saudação é tão forte que as "forças negativas" não conseguem permanecer nem por um lapso de tempo na presença de sua vibração. O mantra Kodoish, Kodoish, Kodoish Adonai Tsebayoth cria distorções temporais-mentais-espirituais dentro de nosso corpo, que nos permitem crescer de um pequeno microcosmo ao nível próximo da Divindade. O mantra Kodoish, Kodoish, Kodoish Adonai Tsebayoth é a chave da transformação e a vibração central coordenando todas as vibrações com o veículo espiritual do Homem.

Mantra LAYOOESH SHEKINAH (A Coluna de Luz da Presença Divina. Pronúncia: Leyoéch Checáina O mantra Layooesh Shekinah é um pilar de luz protetor e a luz guia do espírito. Emana do ofício de Shekinah e dos conselhos de luz. Quando oramos pela luz da sabedoria, através do pilar de luz, todas as coisas que têm trabalhado contra a vestimenta do Espírito do reino da escuridão são superadas. O mantra LayooeshShekinah dissolve todas aquelas coisas que têm trabalhado contra a linguagem do Espírito Santo e contra os 72 Nomes do Pai. O mantra Layooesh Shekinah age como um código queenergiza os outros Pilares sustentadores da Árvore da Vida. O mantra Layooesh Shekinah energiza o poder de ascensão e descida da Divina Presença como o veículo usado para a intervenção e libertação Divina, quando ancorado como uma escada de luz com os Santos da Terra. O mantra Layooesh Shekinah é a ativação dos Portais de Luz e o código para o Êxodo superior - entre os mundos.

Mantra OSE SHALOM (ACriador/Criação da Paz) Pronúncia: Osa Chalón O mantra Ose Shalon é usado para o Criador ou a Criação da Grande Paz que reconcilia nosso mundo com outros mundos internos - outras dimensões de existência. Podemos manifestar um aspecto desta paz se invocarmos este Divino Nome do Pai. O mantra Ose Shalon cria a configuração interna através da qual todos os elementos do Universo são mantidos unidos em um processo significativo. O mantra Ose Shalon contém uma força sustentadora, poderosa que trabalha para re-sintetizar todos os elementos iniciais da vida que entraram na criação do substrato deste Universo - como um buraco negro. O mantra Ose Shalon é a paz através da qual a Inteligência superior trabalha em apoio a inteligência humana, assim como aquele Poder que trabalha como um escudo de tempo equilibrando os quadrantes e divisões de cada rede planetária.

Mantra RUACH ELOHIM (O Espírito da Divindade Criadora Vivente) Pronúncia: Ruák Elojím.  O mantra Ruach Elohim representa o Espírito Vivente de Deus que existe como um depósito de Energia Eterna que é usado por todos os Filhos e Filhas experimentais nos Céus. A quintessência superior desta expressão é o Espírito (Ruach) que se estende do Pai Eterno aos 24 Anciões perante o Trono. Em tempo planetário, é o trabalho do Ofício de Cristo, que recoloca os níveis superiores da fusão espiritual para os derramar dos dons. - 24 Anciões - Senhores que se sentam à presença de YHWH trocando periodicamente suas ordens e sua glória com outros Mestres. - Fusão Espiritual - consiste na harmonização completa entre o Mortal Ascendente do Tempo e do Espaço (Eu Inferior) com o Ajustador de Pensamento (Eu Superior). Esta fusão consomeinstantaneamente o corpo material e o Mortal desaparece em uma "carruagem de fogo".

Mantra SHEKINAH ESH (O Fogo do Espírito Santo) Pronúncia: Checáina Ech O Fogo é uma força Espírito-Luz que permite a expansão, troca ou fluxo contínuo de várias realidades com a realidade original. O Fogo se manifesta do Reino do Pai unificando o trabalho dos 7º, 8º e 9º chakras. Seu papel central no nosso Mundo é superar a limitação do corpo tridimensional. As línguas de Fogo e todos os tipos de poder parafísico são transferidos através desta força para permitir que sejamos - como Cristo - uma luz no mundo da escuridão. Visualizemos uma Pomba circundada por um Fogo Flamejante e nós usaremos as Línguas de Luz que aparecem sobre nossa cabeça para falar a Sabedoria de Deus. Aqui nós começaremos areconhecer a "paz que atravessa todo o entendimento", quando nós experimentarmos o testemunho interior entre o espírito dentro de nós e o Espírito "em fogo". Ele presta testemunho que nós somos os verdadeiros Filhos e Filhas de Luz através da extensão do Corpo Espírito Luminoso, o qual é vertido em nossa vestimenta de carne. Agora nós podemos testemunhar formas-pensamento ígneas descerem dos Reinos do Ofício de Shekinah para iniciar uma mudança quântica na Terra.

Mantra SHEMESH YAHWEH (A Filiação de Yahweh) Pronúncia: Chémech YáhwehO mantra Shemesh Yahweh representa a Filiação Vivente daqueles que assumem aresponsabilidade para fazer a Vontade do Pai que está nos céus. É o ofício do Cristo Miguel ou o Amor Divino que é realizado através da cruz cósmica, a conjunção do Cristo Celestial com o Corpo de Serviço de Jesus, Humano Mortal Ascendente. O mantra Shemesh Yahweh desperta o embrião divino vivente dentro de nós buscando reprogramar o corpo inteiro. Esta é uma vida de adoração e estudo em companheirismo com os Santos, trazendo ensinamento que é suficiente para a unificação da Irmandade do Homem e a Irmandade da Luz. Que possa o Shemesh Yahweh estar sobre nós! Deixai o fogo do Shemesh Yahweh estar sobre nossas cabeças e possam as luzes do raio e as Luzes da vela iluminar e ir por todo o mundo.

Mantra SHEM SHEL GEBURAH (Força Dinâmica do Nome Santo)Pronúncia: Chem Chel GuebúraO mantra Shem Shel Geburah consiste em uma afirmação para o poderoso Nome que reprograma os meridianos bioquímicos e os limiares genéticos de nosso corpo, buscando sentir uma presença interna divina do Espírito. Através do Poder dos Nomes Divinos nossos cristais de sangue tornam-se como uma jóia multicolorida que pode falar e pronunciar Verdades superiores. O mantra Shem Shel Geburah é usado para edificar uma parede de proteção a qual pode sobrepujar tudo aquilo que vai contra os pensamentos, palavras e obras do Altíssimo. O mantra Shem Shel Geburah trabalha com os sete os Sete Espíritos Guardiões e os Ajustadores de Pensamento (Presença Eu Sou) que governam os reinos interdimensionais de criação e, através da Dinâmica de Sabedoria e Misericórdia, equilibram as forças inferiores e trazem Justiça para o mundo material. O mantra Shem Shel Geburah gera poderosas (Geburah) formas-pensamento que são implantadas através do Nome Dinâmico (Shem Shel).

Mantra Y-H-W-H (Yod He Wod He) (A Essência de Deus) Pronúncia: Iód Rê Uód Rê. O mantra Yod He Wod He revela a essência interior e os ofícios do Pai promovendo a glória das 24 dimensões. O mantra Yod He Wod He funciona como o código da criação física programando e reprogramando as hastes do DNA e do RNA de acordo com as 64 códigos de letras flamejantes. O mantra Yod He Wod He é um tetragrama que detém o poder de programação da Mente Superiora, a coroa de luz que governa o esquema de sustentação dos corpos. O mantra Yod He Wod He permite a ascensão e a descida das Ordens de Criação de Luz entrando através das dimensões da raça adâmica. O mantra Yod He Wod He é a chave para todo Nome Sagrado e o código que invoca Miguel, Metatron e Melquisedec como Senhores dos Mundos de Experienciação O mantra Yod He Wod He é o nome revelado a nosso Universo-Pai do Deus Vivo ao fundo de todos os Deuses Criadores.

9 - Mantra YAHWEH SHAMMAH (O Pai Yahweh está lá) Pronúncia: Yáveh ChamáO mantra Yahweh Shammah representa o chamado que nos diz para prepararmos o caminho para o lugar onde o Senhor Yahweh manifestará a Sua Hierarquia e a Si próprio na nova cidade de Jerusalém (Habitação da Paz). O mantra Yahweh Shammah nos diz que nos lugares sagrados, onde os ungidos são reunidos, Yahweh estará lá. Yahweh - O Pai explicitamente revelado. O Santíssimo "Revelador" que se manifesta por meio de seus nomes sagrados: Yahweh Jirah - Yahweh proverá Yahweh Shalon - Yahweh é paz Yahweh Shammah - Yahweh está lá Yahweh Nissi - Yahweh é meu estandarte Yahweh Tsudkenu - Yahweh é nossa retidão.

Mantra YESHIBA ZADDIKIM, YESHIBA HARAZIM (A Academia Celestial dos Justos e das Escritas Secretas)Pronúncia: Ye-chíba Zádikim, Ye-chíba JárazimO mantra Yeshiba Zaddikim, Yeshiba Harazim representa o Conselho onde os executores das Decisões Divinas estão em sessão permanente. O comando Divino sobre o governo do Planeta inclui os Príncipes dos reinos celestiais e Emissários dos reinos terrestres e ultraterrestres. O mantra Yeshiba Zaddikim, Yeshiba Harazim conecta diretamente ao Conselho onde os eventos de universos inteiros, das nações de um planeta, dos indivíduos de um reino planetário, do reino angélico são revistos por Professores Justos. O Conselho dos Justos coleta e compara as formas-pensamento geradas com os "livros de fogo e chama" iniciais que foram usados para os códigos de vida pré-determinados e pré-existentes.

Mantra ABBA NARTOOMID (Pai da Luz Eterna) Pronúncia: Abaá Nartumide Da luz ilimitada do Ain Sph, o Natoomid emana como um Poder de Luz Divina que pode se adaptar a uma miríade de sistemas relativistas de luz comum. Os pensamentos do Pai combinados com os trabalhos do Natoomid como uma força magnificente interconectando os limiares do Alfa e Ômega de cada sistema de vida com o Sistema Divino da relatividade coletiva. O poder dessa expressão pode invocar energias que podem criar círculos de Luz Branca enviadas do Pai para aqueles que precisem de Energia de Proteção e Cura. Visualize raios de luz protetora vindo dos mundos superiores, ã medida que chamamos ABBA (Pai). Eles atravessam as barreiras de luz comum para alcançar os necessitados, emanando raios de cores branco-amarelo-azul-violeta que penetram os reinos de criação entrelaçando círculos de diferentes magnitudes estelares. Como uma explosão inicial de uma estrela, esse poder unifica os mundos de nascimentos cósmicos.

Filosofando Com a Arte...: Reflexão Introspectiva

Filosofando Com a Arte...: Reflexão Introspectiva: "Conhecimento!...porque são benéficos,pertencem aos fundamentos da vida,que conduz ao desencantamento,a dissipação,a cessação do sofrimento..."


Blog da minha amiga Fernanda Tomaz, deixo aqui um link de um post recente dela para você conheçer seu mundo.

e para ti Fernanda, dizer-te que não consigo comentar de forma alguma nos teus blogs, o que me entristece muito, pois tens artigos que gostaria emensamente comentar.

abraço para ti

e para todos vocês....


quinta-feira, 21 de julho de 2011

Conselho emprestado


só quero que se aperceba que a vida é isso acima!!

corre e corre, passa de segunda-feira para sexta-feira sem nos apercebermos, e quando damos por ela
não fizemos nem dissemos tudo aquilo que nos ia na Alma!!


e vemos, espantados que ela chegou ao fim do trilho!!


p.f., tenha consciência disso, pare o trilho dela um tempinho e faça o que sempre adiou a fazer, e dizer aquilo que sempre quiz dizer a alguém, você sabe o quê, tenho a certeza ...

No meu mundo de sonhos, acordo todos os dias assim ...


AFINIDADE



  AFINIDADE não é o mais brilhante, mas é o mais sutil, delicado e
penetrante dos sentimentos. Não importa o tempo, a ausência,
os adiantamentos, a distância, as impossibilidades.
Quando há AFINIDADE, qualquer reencontro retoma a relação,
o diálogo, a conversa, o afeto, no exato ponto de onde
foi interrompido.
AFINIDADE é não haver tempo mediante a vida. É a vitória do
adivinhado sobre o real, do permanente sobre o passageiro,
do básico sobre o superficial.
Ter AFINIDADE é muito raro, mas quando ela existe, não precisa
de códigos verbais para se manifestar. Ela existia antes do
conhecimento, erradia durante e permanece depois
que as pessoas deixam de estar juntas.
AFINIDADE é ficar longe, pensando parecido a respeito dos mesmos
fatos que impressionam, comovem, sensibilizam. É receber
o que vem de dentro com uma aceitação anterior ao
entendimento. É olhar e perceber.
AFINIDADE é um sentimento singular, discreto e independente.
Pode existir a quilômetros de distância, mas é adivinhado
na maneira de falar, de escrever, de andar, de respirar.
AFINIDADE é retomar a relação no momento em que parou.
Porque o tempo e a separação nunca existiram. Foi
apenas a oportunidade dada pelo tempo para
que a maturação pudesse ocorrer e que
cada pessoa pudesse ser
cada vez mais...

A vida foge ...




A vida é uma peça de teatro que não permite ensaios. Por isso, cante, chore, dance, ria e viva intensamente, antes que a cortina se feche e a peça termine sem aplausos.
 
Charles Chaplin

Nos meus desvaneios ...




e nos meus desvaneios, mais um dia passado, e porque a mente nunca pára... penso


tenho pensado, quando a vida me dá oportunidade de parar, por momentos, nem que seja apenas para saborear um cigarro, e a mente corre, mas pára ao mesmo tempo, num pensar ...

pergunto-me mais uma vez o que faço aqui!!

no rodopiar interno da minha busca constante de saber quem sou, apesar de atrás no meu tempo nem sempre ter ocorrido assim, porque, nesses tempos me encontrava presa apenas nos meus viveres, diários, e problemas por resolver. apesar de sentir a dor dentro a cada segundo, não a procurava, o seu saber, apenas sentia, e doia... como doia...


mas algures no tempo, que correu em mim, surpreendi-me a questionar-me a mim mesma, o porque daquilo que vivia, vivi, e me transtornava por dentro, sem encontrar a sua razão,


e nessa busca encontrei um ser frágil, que sentia dores internas, que não se compreendia, nem ao mundo que a rodeava, nem com quem ela travava, descobrindo também que não, nunca se amou, não se procurou, apenas se entregava à vida, dia a dia, como um relógio que obrigado a seguir a corda que lhe foi dada, sem pedir, ia batendo a hora quando chegava o momento!!

e. num  momento, num momento apenas, decidi entrar no jogo da vida, e na procura das suas regras, que seriam as minhas para conseguir chegar ao seu fim e ganhar,  fui descobrindo, o que sou, realmente sou ....


e vim a saber descobrir, que sou apenas eu, com as minhas dores, as minhas ansias, os meus desejares, as minhas ilusões, os  meus desejos,


e descobri também que o que vivo, aqui, só eu o vivo, particularmente, e mais ninguém o vive como eu o vivo, ninguém sente o que eu sinto, senti, em cada momento da minha vida, e sou uma caixa cheia de surpresas que se revelam dia a dia, e que as que passaram trouxeram-me apenas sabedoria, em mim, e me fizeram compreender, na alma, que só vivendo, dia a dia, e todo o vivido até ora, formou o ser que sou, 


sabendo, no entanto, que a busca que começei ainda não terminou, apenas começou, continuo em cada momento que respiro encontrar-me a mim mesma, neste rodopiar constante que a vida me entrega, chegando à conclusão que, somente com o passado sentido e tudo que ele me entregou, e o presente me entrega, segundo que passa, e até ao fim de mim mesma, chegarei a subir um degrau apenas, na vastidão do caminho que me propaguei a seguir, desde o momento que consenti saber .. quem eu realmente sou ....


Analuz

quarta-feira, 20 de julho de 2011

Parte do meu passado


meu papy e minha mamy, quando casaram...
Deus já tem os dois junto a ele, e aqui fica uma pequena homenagem a grandeza que eles eram!!

terça-feira, 19 de julho de 2011

Obrigada Vera



mais um selo entregue pela minha amiga Vera Lúcia RECANTO DO SOL
e com todo o meu amor agradeço, a sua entrega

e o entrego, como manda a Lei dos selos a:

EU A A LUA FEITIÇEIRA, MINHA MANA DA ALMA
http://euealuafeiticeira.blogspot.com/

SWIFTEE
http://queridosuperdiario.blogspot.com/

GABIZINHA
http://gabigrazieli.blogspot.com/

MEU CANTINHO ENCANTADO
http://arionetorres.blogspot.com/


PSYCHE'S FRAGMENTS
http://psychesfragments.blogspot.com/

Para DEUS,,, meu Deus sempre



e hoje, vai para ti


esta mensagem


já que a ti não consigo chegar, por muito que brade e clame, dentro


e pela manhã, quando acordo, sem forças, sem vontade alguma de seguir, 

eu sei ...

és tu que me dás o alento que preciso


eu sinto, és tu


e nesse sentir,  lanço-me a mais um dia de vida rotineira


mas sempre na esperança de que algo aconteça de espectacular durante o dia

que me mostre quem és e que aqui estás, junto a mim


e mais um dia passa, igual, igual a todos os outros, semprre


e não vejo, nem te encontro,


nem a tua beleza, como a imagino, 


como uma luz extraordinária que encadeia  tudo e todos  mas que me enche de vida ... infinita

como quando junto de ti estava

e espero, segundo a segundo, e a ti suplico, tu sabes, só tu, como suplico


encontrar-te, nem que seja só por segundos, aqui onde estou presa, e te sentir,


como sempre te senti...


e que agora tua falta me mata por dentro, na alma que chora


na ansia de te sentir perto de mim, mais uma vez ...


e poder voar, como sei que voei, à tua roda, 


engrandeçendo-te, 


e agradeçendo teu amor, por mim, por todos, por tudo


tão simples e tão singelo, como o mais puro que possa existir, não aqui onde estou embarcada


mas apenas no teu mundo, 


onde sempre o senti....


e mais uma vez, aqui suplico

e espero a hora, derradeira hora, derradeira apenas qui sentida, pelos outros que cá ficam , sem mim

que me leves, enleves. me recolhas, mais uma vez ...


no teu berço e abraço,

para poder voltar, mais uma vez 


a te sentir em mim....


e a tornar, mais uma vez a te chamar


meu Pai

segunda-feira, 18 de julho de 2011

revolta



revoltada, e com dor, dentro, choro, 


e em cada lágrima, sinto-me,


revoltada comigo mesma, desde sempre, desde que me conheço, de pequenina,


revoltada, por sentir assim, como me sinto

sempre desiludida com o que se me apresenta


com o que vejo neste mundo que até ora vivi, 

e penso, deliro 


talvez acertando


que aqui estou porque quiz


porque decidi algures, num outro tempo que reconheço


mas não conheço, aqui, onde me encontro


e procuro no silêncio


algo que me diga, que faço aqui, porque vim


se não me lembro,


da força que senti para aqui abarcar


para desejar isto tudo, que até ora vivi


e peço a alguém a algo que não conheço, e chamo Deus


que me levante, me leve


deste mundo, porque aqui não sou


não consegui ficar em pé nas montanhas 


e navegar nos mares revoltados da vida 

e que não me deixa ser eu, apenas ...

a pequenina luz que buscou fora


e agora dentro,

e sentir minha alma abatida, 


e meu coração cansado 


e as preocupações surgem 


e me retiram de mim, 


de tudo aquilo que possa um dia ser, ter sido, e não consegui, 


aqui, onde me encontro,


e me falta as forças


para almejar o que um dia, em seu tempo


decidi ... alcançar, quando aqui vim ..

Holodeck





Vc cria sua própria realidade
Holodeck para quem não sabe, é um simulador de realidade virtual, onde é possível criar tudo o que vc quiser: pessoas, ambientes, situações, acontecimentos, etc. O termo foi lançado na série Jornada nas Estrelas, mas, se vc pensa que isso é ficção científica, está enganado, o Holodeck já veio instalado em nossas cabeças, quer vc saiba disso, quer não. A verdade é que o mundo que vivemos foi criado pela soma de todos os nossos Holodecks. Todas as desgraças e todas as maravilhas são criação nossa. Difícil de acreditar ? Nem tanto, o difícil é vc ter consciência disso e começar a usar adequadamente e intecionalmente o seu. Mas nem tudo está perdido, pois, existem maneiras de fazê-lo funcionar corretamente, e entendo como correto aqui, tudo que te traga paz de espírito, bem estar duradouro, estabilidade emocional, equilíbrio, etc. Toda a criação, pressupõem um criador. Se já temos o Holodeck instalado em nossas mentes, alguém ou algo deve ter planejado isso, seria o criador dos criadores, chame-o como for-lhe mais conveniente. A realidade é que, quando vc acessa essa fonte suprema, infinitamente superior à nossa mente, vc começa a sentir que está flutuando, que está fluindo nas asas da Natureza, nas asas desse campo ilimitado, vc não faz nada e faz tudo ao mesmo tempo, pois, sintonizado com a fonte, tudo encaixa-se perfeitamente, na hora certa, no tempo certo. Só o que vc precisa fazer é entrar em contato com esse manancial interminável. Como ? Bem, nosso sistema nervoso é a interface que liga esses dois campos, ou seja: o campo da nossa realidade limitada, com o campo dessa realidade sem fronteiras. A pergunta é: Como anda o seu sistema nervoso ? Estropiado, drogado, estressado, alcoolizado, agitado, no limite ? O fato é que quanto mais vc cuidar do seu sistema nervoso, mais fácil será transcender os aspectos limitantes da sua vida. Observe que esse transcender não significa, manter-se alienado, fora de si, ou exigir-se quaisquer tipo de controle mental e coisas do gênero, mas sim, naturalmente, sem esforço, transcender para recarregar as energias, para voltar à sua atividade diária podendo exercê-la muito mais centrado, muito mais eficiente, muito mais capacitado. Imagine-se como sendo o seu celular, todo dia vc recarrega-o para que possa cumprir suas funções adequadamente, agora, se vc não faz isso, obviamente, ele não lhe será útil, não adianta gritar com o aparelho, jogá-lo no chão, chantageâ-lo emocionalmente, tentar fazer-lhe sentir-se culpado por não estar rendendo o desejado. O ser humano hoje em dia, vive algo semelhante, submetido à todo tipo de cobrança, desde a eficiência sobre humana até a neurose da precocidade, como vai poder desempenhar suas funções se não sabe como recarregar-se ? Se vc pensa que viajar, caminhar, sair com amigos, exercitar-se, etc, lhe trará a energia necessária, vc está enganado. Claro, essas ações ajudam, mas, no geral, são apenas paliativos. O que vc precisa é de algo poderoso, que gradualmente vá gerando um bem estar contínuo, uma base sólida onde vc possa apoiar-se e crescer sem medo, sem restrição, sem ansiedade, crescer integralmente em todos os seus aspectos, pois, só vc pode ser vc totalmente. Como ? A resposta é simples: ” Meditação Transcendental “, conhecida e praticada à seculos, por gurus, que ficavam isolados nos Himalaias, agora ela está disponível para qualquer pessoa que queira usufruir de seus benefícios, que não são poucos. Uma técnica simples, fácil, mas muito poderosa. Você certamente já ouviu falar de David Lynch, o cineasta americano ? Ele pratica esta meditação à mais de 30 anos, se vc tiver interesse, busque no Google a entrevista que ele deu ao Roda Viva da TV Cultura em Agosto de 2008, lá, ele explica alguns aspectos da “ Meditação Transcendental  e sua influência na vida profissional e pessoal do cineasta, pois, ninguém quer realmente viver pela metade, ou quer ?


Fonte: http://carlike.wordpress.com/

Ho'oponopono significa "acertar o passo"


A partir do pedido de alguns sentimos a necessidade de criar um ritual de sintonização ou um ato que possa estabelecer em nossa mente uma mudança na qualidade da atenção que nos permita em meio ao cotidiano criar em nós mesmos um espaço de silêncio, de cura, de amor e de positividade.

Cada um de nós está enfrentando certo tipo de desafio nas diferentes áreas da vida, são nossos campos de treino de nossas habilidades mentais e emocionais.

Levar uma maior qualidade de atenção para o cotidiano é fundamental para lidarmos com os nossos desafios. Alguns nos relataram seus desafios:

- problemas de saúde na família
- sobrecarga de trabalho profissional
- competição profissional acirrada
- desemprego
- crises de ansiedade
- problemas de relacionamento

Sabemos que os desafios são provas que a própria Vida nos coloca para nos indicar como estamos agindo, vibrando e manifestando a nossa própria forma de ser no mundo.

Mudar a forma como nos sentimos mudam as nossas vibrações e ações e se por vezes não mudamos a realidade circundante de forma tão rápida como esperamos ainda assim podemos mudar a nós mesmos de forma quase instântanea ao executar práticas que aumentem o nosso nível de atenção sobre nós mesmos e sobre o nosso momento presente.



 
Uma das práticas mais poderosas que conheço para mudar nosso estado interior chama-se Ho'oponopono. Ho'oponopono significa "acertar o passo" ou alinhar-se com a Vida. Esse processo de alinhamento baseia-se em três atitudes interiores:


Amor
Perdão
Gratidão





Amor pelo fato de estarmo vivos. Mesmo o ser humano na condição mais difícil luta por viver porque simplesmente ama a vida. Assim amor é amor pela vida porque a própria vida que temos é resultado de um ato de amor.


Amor para ser amor não precisa ser perfeito. E como não somos pefeitos em nosso amor surge o perdão como ato onde o nosso amor imperfeito perdoa a si mesmo, porque reconhece a imperfeição de nosso amor e busca aperfeiçoá-lo pela compreensão da própria imperfeição.

 

 Essa imperfeição possui a sua beleza, é decorrência de nossa condição humana, que é a condição de aprendizes de deus. Nós somos deuses que erram e aprendem pelo erro, assim perdoamos a nós mesmos porque nos vemos como aprendizes da vida. A vida é extremamente generosa, assim devemos ser generosos com nós mesmos, sem sermos complacentes, e nos abrir para as oportunidades de aprendizado. Aprender a viver é uma benção, pois gera em nós um amor maior pela vida e esse amor maior resulta em gratidão.


Mesmo na situação mais difícil lutamos por viver e a nossa luta é uma outra forma de honrar a vida e demonstrar nossa gratidão ao mistério infinito que nos rodeia.


 

 A dor é um sintoma. Sintoma de algo que devo trabalhar e que me induz a buscar a partir de certas perguntas: por quê? Se a causa não depender de mim nada há a fazer. Mas como tudo no Universo está conectado através da força do amor o que acontece em mim é fruto de uma conexão infindável da vida, numa trama complexa de causas e efeitos. O amor é um círculo perfeito e infinito. Desse círculo que é também a lei suprema, deriva a lei do carma, causa e efeito. O que provoca a dor é a falta de alinhamento com a vida. Por isso Ho'oponopono significa "acertar o passo". É mais fácil acertar o passo pelo Ho'oponopono do que pelo Carma. Podemos ver o Ho'oponopono como um processo de balanceamento. Balancear-se é encontrar o próprio equilíbrio. Encontrar o próprio equilíbrio é um processo de fazer justiça a si mesmo. Sempre pensamos na justiça em relação ao que nos devem ou ao que devemos ao outro, mas quase nunca pensamos naquilo que devemos a nós mesmos e a própria vida. Como podemos ser justos para com a própria vida? Devemos à Ela o que somos. Como iremos pagá-la? Vivendo da melhor maneira possível, da maneira mais sábia, nos alinhando com a Vida. Podemos acertar nosso passo nos alinhando vibratoriamente com a vida através do amor, do perdão e da gratidão. E tudo começa por nós mesmos.

 

 Temos dentro de nós mesmos uma programação mental e emocional que herdamos da cultura e que nos tira do alinhamento com a Vida e que gera doença, miséria e solidão. Sabemos que isso foi feito através da religião, das escolas, da família e da mídia com o objetivo de controle e exploração. Nossa tarefa é nos livrarmos dessa programação implantada. Precisamos desprogramar essa herança mental e emocional que gera o mundo atual tal como o conhecemos: a matrix do ódio, da vingança e da ingratidão. Essa programação se dá em níveis profundos da mente e pede um trabalho contínuo sobre a mente. O Ho'oponopono é um ato simples de desprogramação da negatividade inconsciente através do amor, do perdão e da gratidão.


Esse ato simples começa por dizer silenciosamente, para si mesmo, num momento de seu dia, em estado de relaxamento as seguintes expressões, que são exemplos mais do que modelos:


 



Eu te amo, sinto muito, me perdoa, sou grato.


Repita para si mesmo, sem se tornar mecânico. Coloque atenção, coloque sentimento. Pode ser que você tenha dificuldade em ativar o sentimento. Você pode ativar o sentimento realizando o Ho'oponopono para uma pessoa que você ama muito. Pode ser você mesmo. Pode ser através da consciência de estar vivo e da vitalidade que seu corpo emana. Pode ser através do agradecimento por estar vivo nesse preciso momento. A percepção consciente da vida em você é deus. Perceber e sentir isso nos coloca num estado interior favorável a realização da prática do Ho'oponopono. Um som legal para acompanhar a prática pode ser este:

 A música dura 15 minutos que voam como o vento quando se entra na sintonia, quando você se permite estar consigo mesmo. Para alguns 15 minutos talvez seja muito, cultivem gradualmente o tempo de foco, comecem com pouco e aumentem.
 É recomendável que a prática seja acompanhada pela visualização de uma coluna de luz azul vibrante que vai além dos limites do corpo em todas as direções. Essa visualização pode ser praticada em diferentes momentos do dia.


Se quiserem podem criar um ambiente favorável à pratica dentro de casa, um local silencioso, onde você possa estar sem ser incomodado por um tempo, com incenso rolando durante a prática e um copo d'água para beber após o ritual.
 Exercitem-se na prática. Façam-na para si mesmos, para outras pessoas, para a Terra e para a própria Divindade. Fazer no chuveiro pode ser uma boa idéia. Usem a criatividade e deixem que a prática os conduza.


Fonte: Meditação planetária 

Tarot de OSHO clik

Se gosta de ERVAS e ESPECIARIAS CLIK

Se lhe interessa a NOVA ERA Clik

domingo, 31 de julho de 2011

CONTROVÉRSIAS NA HISTÓRIA DA HELLO KITTY




1ª HISTÓRIA: - Uma mulher queria muito engravidar, ela tentava e tentava e nada acontecia, até que depois de várias tentativas a mulher conseguiu, só que quando ela teve a filha, ela nasceu sem boca. a mulher desesperada matou a filha, quando seu marido soube ele a largou, ela então entrou em uma profunda depressão e arrependimento, ela passou vários e vários anos isolada, quando então ela decidiu criar a gatinha (Hello Kitty) para homenagear a filha, isso explica o por que da Hello não ter boca.




2ª HISTÓRIA: - Quando surgiu, em 1974, Hello Kitty ainda não tinha nome. Sua primeira aparição foi com lacinho vermelho na orelha esquerda e sentada, o suficiente para conquistar o mundo todo com seu charme e meiguice!
Um ano depois, em 1975, a gatinha ganhou um nome (aquele que todas nós conhecemos): Hello Kitty.
Também neste ano, sua família foi criada e seu primeiro produto foi lançado: um porta-moedas.
Em 1976, a companhia Sanrio incorporou a marca Hello Kitty e, para comemorar, criou uma nova pose para ela: em pé.
Satisfeitos com o sucesso da nova pose, em 1977 a Sanrio lançou uma nova imagem: dessa vez a Hello Kitty apareceu pilotando um avião.
Em 1978, Hello Kitty já aparecia com roupas e poses diferentes, em lugares variados também.
Grandpa (vovô) e Grandma (vovó) foram introduzidos na família da Kitty, em 1979.
Em 1980, no auge do esporte tênis, Hello Kitty foi lançada como tenista, conquistando mais um público de fãs!
No ano de 1981, a Sanrio lançou outros tipos de produtos da Hello Kitty, como câmeras, telefones e outros eletrônicos. Foi também neste ano que foi lançado o primeiro filme da Kitty: "O novo guarda-chuva de Kitty e Mimi".
Após conquistar a União Soviética com sua coleção xadrez, em 1983 Hello Kitty foi nomeada criança embaixatriz da Unicef naquele país.
Hello Kitty ganhou mais um amiguinho, em 1985: Tiny Cham.
Também neste ano foi lançada sua imagem cozinhando, o que conquistou pais como fãs!
Com a intenção de atrair mais fãs adultos, em 1987 a Sanrio lançou uma coleção branco e preto da Hello Kitty.
Em 1988, o primeiro desenho animado da Kitty foi transmitido na tv, pela emissora CBS Television.
Foi em 1990 que o parque temático da Hello Kitty (Sanrio Puroland Theme Park) foi inaugurado.
Hello Kitty foi nomeada criança embaixatriz da Unicef também no Japão, em 1994:
Um novo tipo de produto foi lançado, em 1989: quadrinhos.




3ª HISTÓRIA:  - Havia uma menina de cerca de 14 anos, que estava em fase terminal de câncer de boca. Os médicos já haviam tirado todas as esperanças da família em relação a cura da garotinha. A mãe da menina desesperada, tomou uma decisão insana. Fez um pacto com o Demônio, ela consagrou a menina ao Demônio para que ele a curasse, e como promessa criaria uma marca que afetaria todo o mundo (no caso a Hello Kitty).

Posteriormente o Demônio curou a garotinha, e a mãe cumpriu o que havia prometido: criou a Hello Kitty.





E AGORA??? QUAL SUA OPINIÃO???

quinta-feira, 28 de julho de 2011

Apenas ...




um revoar em céus não azuis, mas de mil cores

um remoinho de emoções impensáveis que ultrapassam o meu sentir

um enovoar de visão que me transporta  para um mundo irreal, belo


um sorrir constante, uma alegria interna que me ultrapassa


um estado de entrega total, de mim mesma para mim mesma

um estado em que minhas orações foram todas respondidas, sentindo-as
tornando-me completa

um vibrar interior que faz renascer a minha alma, de novo, sem limitações


uma alegria tomada em toda minha alma, como se fosse parte sempre minha


como sentida para sempre


um sentir de ter encontrado o sentido da vida

esperado desde que nasci, e ainda, aqui, não encontrei


um momento como esse ...

posso estar sonhando, acordada,


mas sei, dentro em mim


que um  momento como esse


eu já senti ...








Analuz

A MORAL


Um mestre do Oriente viu quando um escorpião estava se afogando e decidiu tirá-lo da água, mas quando o fez, o escorpião o picou.
Pela reação de dor, o mestre o soltou e o animal caiu de novo na água e estava se afogando.
O mestre tentou tirá-lo novamente e outra vez o animal o picou.
Alguém que estava observando se aproximou do mestre e lhe disse:
- Desculpe-me mas você é teimoso! Não entende que todas as vezes que tentar tirá-lo da água ele irá picá-lo?
O mestre respondeu:
- A natureza do escorpião é picar, e isto não vai mudar a minha, que é ajudar.
Então, com a ajuda de uma folha, o mestre tirou o escorpião da água e salvou sua vida, e continuou:
- Não mude sua natureza se alguém te faz algum mal; apenas tome precauções. Alguns perseguem a felicidade, outros a criam. Quando a vida te apresentar mil razões para chorar, mostre- lhe que tens mil e uma razões pelas quais sorrir.
- Preocupe-se mais com sua consciência do que com sua reputação. Porque sua consciência é o que você é, e sua reputação é o que os outros pensam de você.
-E o que os outros pensam… é problema deles.

quarta-feira, 27 de julho de 2011

O Riso de uma lágrima



O Riso de uma lágrima

Hipocrisia é para os fortes,

Manter um orgulho assim é trabalhoso e não é simples sorrir enquanto chora,
A força do hipócrita se concentra em seu escudo,
Me desarmo e vivo a verdade admitindo minha fraqueza e vencendo os poucos grandes mentirosos com muitas pequenas verdades

Autor: Bruno Cosmo

A pergunta sem resposta





Essa é uma pergunta que já tirei há muito tempo da cabeça, justamente porque não sei respondê-la.

Não sou o único. No decorrer de todos estes anos, convivi com todo tipo de pessoas: ricas, pobres, poderosas e acomodadas. Em todos os olhos que cruzaram com os meus, sempre achei que estava faltando algo – e estou incluindo aí guerreiros, sábios, gente que não teria nada para se queixar.


Algumas pessoas parecem felizes: simplesmente não pensam no tema. Outras fazem planos: vou ter um marido, uma casa, dois filhos, uma casa de campo. Enquanto estão ocupadas com isso, são como touros em busca do toureiro: não pensam, apenas seguem adiante. Conseguem seu carro, às vezes conseguem até sua Ferrari, acham que o sentido da vida está ali, e não fazem jamais a pergunta. Mas apesar de tudo, os olhos traem uma tristeza que nem estas pessoas sabem que tem.


Não sei se todo mundo é infeliz. Sei que as pessoas estão sempre ocupadas: trabalhando além da hora, cuidando dos filhos, do marido, da carreira, do diploma, do que fazer amanhã, o que falta comprar, o que é preciso ter para não sentir-se inferior, etc.


Poucas pessoas me disseram: “sou infeliz”. A maioria me diz “estou ótimo, consegui tudo o que desejava”.


Então pergunto: “o que lhe faz feliz?”


Resposta: “Tenho tudo que uma pessoa podia sonhar – família, casa, trabalho, saúde”.


Pergunto de novo: “Já parou para pensar se isso é tudo na vida?”


Resposta: “Sim, isso é tudo”.


Insisto: “então o sentido da vida é trabalho, família, filhos que vão crescer e lhe deixar, mulher ou marido que se transformarão mais em amigos que em verdadeiros apaixonados. E o trabalho vai terminar um dia. O que fará quando isso acontecer? “


Resposta: não há resposta. Mudam de assunto. Mas sempre existe algo escondido: dono de empresa que ainda não fechou o negócio que sonhava, a dona de casa que gostaria de ter mais independência ou mais dinheiro, o recém-formado se pergunta se escolheu sua carreira ou a escolheram por ele, o dentista queria ser cantor, o cantor queria ser político, o político queria ser escritor, o escritor quer ser camponês.


Nesta rua onde escrevo a coluna e olho as pessoas caminhando, posso apostar que todo mundo está sentindo a mesma coisa. A mulher elegante que acaba de passar gasta seus dias tentando parar o tempo, controlando a balança, porque acha que disso depende o amor. No outro lado da calçada eu vejo um casal com duas crianças. Eles vivem momentos de intensa felicidade quando saem para passear com os filhos, mas ao mesmo tempo o subconsciente pensa no emprego que pode faltar, nas tragédias que podem acontecer, como se livrar delas, como se proteger do mundo.


Folheio as revistas de celebridades: todo mundo rindo, todo mundo contente. Mas como freqüento este meio, sei que não é assim: está todo mundo rindo ou se divertindo naquele momento, naquela foto, mas de noite, ou de manhã, a história é sempre outra. “O que vou fazer para continuar aparecendo na revista?” “Como disfarçar que já não tenho dinheiro o suficiente para sustentar meu luxo?” “Ou como administrar meu luxo fazê-lo maior, mais expressivo que o dos outros?” “A atriz com quem estou nesta foto rindo, celebrando, pode roubar meu papel amanhã!” “Será que estou mais bem vestida que ela? Por que sorrimos, se nos detestamos?”


Enfim, fico com os versos de Jorge Luis Borges: “Já não serei feliz, e isso não importa/ há muitas outras coisas neste mundo”.


Só isso?


Sri Ramakrisna conta que um homem estava preste a cruzar um rio quando o mestre Bibhishana se aproximou, escreveu um nome numa folha, amarrou-a nas costas do homem, e disse:


- Não tenha medo. Sua fé lhe ajudará a caminhar sobre as águas. Mas no instante em que perder a fé, você se afogará.


O homem confiou em Bibhishana, e começou a caminhar sobre as águas, sem qualquer dificuldade. A certa altura, porém, teve um imenso desejo de saber o que seu mestre havia escrito na folha amarrada em suas costas.


Pegou-a, e leu o que estava escrito:


“Ó deus Rama, ajuda este homem a cruzar o rio”.


“Só isto?”, pensou o homem. “Quem é esse deus Rama, afinal?”


No momento em que a dúvida instalou-se em sua mente, ele submergiu e afogou-se na correnteza.


Texto de Paulo Coelho

A Fé move montanhas




"Porque em verdade vos afirmo que, se alguém disser a este monte: Ergue-te e lança-te no mar, e não duvidar no seu coração, mas crer que se fará o que diz, assim será com ele" (Marcos 11:23; veja Mateus 17:20; 21:21; 1 Coríntios 13:2).

Um grande sábio e mestre falou esta frase há muitos e muitos anos. O que ele não sabia, ou até talvez soubesse, é que todos estes anos depois, o homem continua com o mesmo problema: a falta de fé.


Atendo pessoas o tempo todo. E o que mais vejo é como todo mundo tem pouca fé nas coisas, nas pessoas, em Deus, no Universo, no invisível. Hoje mesmo vi um colega tendo uma síncope quando uma pessoa apareceu para alugar um salãozinho que ele tem. A pessoa veio munida de todos os seus documentos, fotos, registros em cartório e os documentos da franquia que pretende abrir. Meu colega chegou a ser rude com ele, pedindo toda a documentação. Olhou feio, fez pouco caso, como se aquele fosse um assassino em série querendo abrir uma loja de cama/mesa e banho. Começou a viajar no acontecimento. Pensou tanto, tanto e em tantas fantasias que se viu, lá pelas tantas, tentando descobrir uma maneira de conseguir um mandato de busca e apreensão dos seus bens. Na cabeça dele toda a história estava pronta: ele é uma pessoa de má índole que quer me prejudicar. O resto foram as fantasias, todos os filmes que ele viu, todos os livros que leu e toda a desconfiança no resto da humanidade que ele ainda carrega. Complicado!


Claro que não estou dizendo que devemos ser ingênuos e acreditar em todas as lorotas que nos contam. Claro que as nossas metas precisam respeitar os seus limites, assim como nós, humanos, estamos encarcerados no limite do nosso corpo, do nosso espaço, da nossa vida. Não existem santos e demônios. Existem sim, os dois arquétipos dentro de nós mesmos.


Pois bem, mas o que custa dar um voto de confiança para uma pessoa que está provando, por documentação, que é idônea? A falta de fé na humanidade. E, claro, a falta de fé na humanidade pode nos levar a todo feito de falta de fé. Em Deus, naquilo que queremos para o nosso futuro, na vida após a morte e, principalmente, que o Universo sempre está do nosso lado.


Não acreditamos mais. Queremos cada dia mais provas. Provas que podemos confiar no amor de alguém. Precisamos ouvir 120 vezes "Eu te amo" no mesmo dia para entender que, talvez, aquele cara realmente nos ame. Precisamos ver na balança que emagrecemos o suficiente. Precisamos caber no vestido PP, que prova que somos magras. Provas, procuramos provas e restígios numa religião nova chamada ciência. A ciência sim acaba com a fé, quando nos faz perder a fé em si e procurar provas dentro da gente.


Precisamos nos provar o tempo todo. Relacionamos a nossa vida como uma lista bem definida (campo sentimental, intelectual, financeiro, profissional, etc..). Quanto maior a neurose, maior é a lista. E sim, precisamos ter tudo. E precisamos ter tudo bem. E o tempo todo. Até admitimos que possamos não nos sentir muito bem por, sei lá, cinco minutos ou dez, mas não mais do que isso. Não temos tempo de não sermos felizes. Precisamos ser felizes aqui, agora e sempre.


E nem sabemos o que diabos é a tal da felicidade. Só imaginamos que quando a nossa lista estiver completa aí, sim, podemos pensar em ser felizes. Só que tem só um pequeno detalhe: a nossa lista é infinita. E cada vez que chegamos a um determinado ponto, percebermos que temos que avançar duas casas no jogo da vida, ou ficaremos para trás. Comparamos-nos com todos ao nosso redor. Olhamos as idades das atrizes de TV, mesmo que a maioria esteja dizendo uma baita mentira, e pensamos em nós com aquela idade. "Quando eu tiver 60 quero ser como a Angela Vieira". Pois é, só esquecemos que nós não somos a Angela Vieira, nem vegetarianas, nem fazemos 300 abdominais por dia, e não estamos nem aí mandando ver no churrascão de domingo. Queremos um sonho de pessoa que não somos. Aí, de noite, nos sentamos e rezamos a Deus que nos ajude a ficar magra, a ser saudável, a ter boas idéias, bons filhos, excelentes casamentos e muito dinheiro no banco. Tudo isso com a barriga empanturrada de macarrão, sem fazer uma caminhada até a padaria há dois anos e depois de uma pequena farra de compras no shopping, "porque a gente merece".


E ainda me vem falar que Deus não atende aos seus pedidos?


Deus, ou o Universo, como eu gosto de chamar, é uma energia que sempre, sempre, sempre está do nosso lado. Se ele nos vê relaxada, gastando à vontade e depois ficando culpadas, ele nos dá culpa e mais dívidas. Se ele nos vê procurando o cara mais canalha do bar para se interessar, ele arruma um pior do que o outro. Ele só faz o que você faz e não o que você pede. Pedir não adianta de nada. Ao invés de pedir, faça. Faça a sua parte e só depois espere pelo resultado. Aí sim, você poderá falar que o Universo não está colaborando e tem alguma coisa errada. Mas, do contrário, não acontece isso.


Outro dia mesmo eu queria uma vaga em frente a um banco que só tem uma única vaguinha na porta. Fechei os olhos e pensei numa situação ideal. Claro, fui numa boa, sem pressa e sem estresse, porque simplesmente sabia e confiava. Quando eu cheguei, o carro parado na vaga estava saindo. Perdi a conta das vezes em que isso aconteceu comigo. E as vezes que isso aconteceu com outras pessoas que também passaram a acreditar nisso. Isso é a verdadeira fé. Não é ficar como joelho esfolado na igreja, mas sim sentir Deus no fundo do seu coração. Sentir que você é uma energia maior e perfeita. 






E que é até uma sacanagem você se achar imperfeito já que 90% do seu material é divino. Você é a representação de Deus, é onde ele se manifesta. Ele não pode trocar um sapato na loja sem você. Ele não pode decorar a sala sem você. Ele não pode ajudar um cão faminto sem você. Você é um porta-voz de Deus. Você é alguém para o qual ele passou uma procuração de viver todas as experiências da vida. As boas e as ruins. As que causam conforto e as que doem os seus pés e o seu coração. O resto é um monte de besteira que colocamos na cabeça e que o nosso diabo (interno) teima em nos dizer. E é isso que Jesus, Maomé, Buda, Osho, todo mundo quis dizer até hoje. Simplesmente seja Deus. Acorde Deus e durma Deus. Viva Deus e morra Deus. Ninguém no planeta é menos do que isso.

Acorde para o seu Deus interior e entenda que a sua fé pode sim mover as montanhas.


Andrea Pavlovitsch

Como dar vida às nossas vidas



As Transformações Começam Conosco
 

Há um antigo ditado japonês:
"Se houver relacionamento, faço; se não houver relacionamento, saio".
Um Mestre Zen, no final do século passado, fez a seguinte alteração:
"Havendo relacionamento, faço; não havendo, crio relacionamento".

Essa mudança de paradigma é extremamente importante. Devemos também lembrar que criar um relacionamento não significa, necessariamente, obter resultados imediatos, embora muitas vezes estes ocorram.


Novos relacionamentos em padrões antigos perdem seu significado. Precisamos criar relacionamentos a partir de novas maneiras de nos relacionar, de ver o mundo, de ser, de inter ser. Essa nova maneira pode, inclusive, recarregar de energia positiva antigos relacionamentos.


Para descobrirmos novas maneiras precisamos, primeiramente desenvolver a capacidade de perceber como estão nossos relacionamentos atuais.


Observe e considere meticulosamente a si mesmo. Perceba como está se relacionando em casa, na rua, no trabalho, no lazer. Perceba como respira, como anda, como toca nos objetos, como usa sua voz, como são seus gestos e como são seus pensamentos e os não pensamentos. Esse observar não deve ser limitante, constrangedor, confinador. Apenas observe. Como você se relaciona com o meio ambiente, biodiversidade, reciclagem, justiça social, melhor qualidade de vida, guerras, violência, terror, paz, harmonia, respeito, garantia dos Direitos Humanos? Como você e o seu logos se relacionam entre si e em relação aos projetos de sucesso, de lucro, de desenvolvimento e progresso de sua organização?


Como está se relacionando com o mais íntimo de si mesmo, com a essência da Vida, com o Sagrado?


Será que é capaz de ver, ouvir, sentir e perceber a rede de inter relacionamentos de que é feita a vida? Percebe e leva em consideração, na tomada de decisões, a interdependência?


Tanto individualmente, como no coletivo, nossa participação e compreensão como estão? Será que estamos conscientemente vivendo nossas vidas e direcionando nossos pensamentos, ações e palavras para o sentido de mudança que queremos e sonhamos?


Mahatma Gandhi disse: "Temos de ser a transformação que queremos no mundo".


Geralmente pensamos no mundo como alguma coisa distante e separada de nós, mas nós somos a vida do universo em constante movimento. Podemos até dizer que o mundo somos nós. Nossa vida forma o mundo, é o mundo, não apenas está no mundo. Inclui todas as formas de vida e seus derivados e nos inclui neste instante, instante após instante. Há um monge chinês do século VII, Gensha Shibi , que dizia : "O Universo é uma jóia arredondada. Somos a vida desse universo em constante transformação. Nada vem de fora, nada sai para fora".


De momento a momento tudo está mudando, nós fazemos parte dessa mudança e podemos escolher, discernir qual o caminho que queremos dar a esse constante transformar. É por isso que digo que a transformação começa em nós. Na verdade vai além de apenas começar. É em nós. Nossa capacidade humana de inteligência e compreensão nos permite fazer escolhas. E o que estamos escolhendo?


Outra frase de Mahatma Gandhi:

"Quando uma pessoa dá um passo em direção à Paz, toda a humanidade avança um passo em direção à Paz"

A minha decisão, a sua decisão pode transformar ou influenciar a direção da mudança.

Há um sutra budista que descreve o mundo como uma rede de inter relacionamentos. Como se fosse uma imensa teia de raios luminosos e em cada intersecção uma jóia capaz de receber essa luz e emitir raios em todas as direções. Qualquer pequena mudança afeta o todo. Cada ser que se transforme em um ser de paz, de harmonia, de ternura, carinho e respeito pela vida em todas as suas formas estará sendo uma mudança viva e influenciando tudo e todos.

Qual o primeiro passo? Conhecer a si mesmo. Conhecer nossos mecanismos.


O que nos afeta, nos incomoda? O que nos alegra? O que nos irrita? Como transformar a raiva em compaixão? Como transformar o desafio em competição leal, justa, empreendedora, enriquecedora? Sem nos preocuparmos com os créditos, se formos capazes de fazer o bem, não fazer o mal, fazer o bem aos outros estaremos transformando nossos lares, nossas amizades, nosso ambiente de trabalho, nossas organizações, nossas cidades, estados, países, nações, mundo... e a nós mesmos...no florescimento da Cultura da Paz.


"Estudar o Caminho de Buda é estudar a si mesmo. Estudar a si mesmo é esquecer-se de si mesmo. Esquecer-se de si mesmo é ser iluminado por tudo que existe. Transcender corpo e mente seu e dos outros. Nenhum traço de iluminação permanece e a Iluminação é colocada à disposição de todos os seres." (Mestre Zen Eihei Dogen - 1200-1253)


É importantíssimo que iniciemos este "estudar a si mesmo", já. Cada um de nós que perceber seu próprio mecanismo ficará em controle desse mecanismo e não mais à mercê de seus sentimentos e emoções, desejos e frustrações, puxado, empurrado, espremido e puxando, empurrando, espremendo - envenenados pela ganância, raiva e ignorância.


Imagine um mundo aonde podemos brilhar uns para os outros, sem ódios, mas com carinhoso respeito e terna compreensão. Percebendo nossas diferenças, aceitando a diversidade da vida e juntando nossas capacidades tanto intelectuais como físicas na construção desse verdadeiro Céu, Paraíso, Terra Pura, Shambala de que falam as religiões, todas elas.


Cabe a nós, a cada um de nós criar esse relacionamento de carinho com a vida, de ternura com todos os seres, de compreensão, de sabedoria e compaixão para percebermos o Caminho Iluminado e o Nirvana permeando toda a existência.

Isso é dar vida à nossa própria vida.



Por: Monja Coen

terça-feira, 26 de julho de 2011

Hoje



e porque hoje me sinto sem forças, como que esvaecida


meu corpo, minha mente, lento, cansada, pouco reagem a nada


porque dentro vivo um remoinho de emoções que se tornam pesos


me arrastam por pensamentos que não tenho vontade de os seguir


e nem mesmo a música na sua candura me eleva


me entrego, por decisão minha,  ao sono que carrego nas pálpebras 



sabendo, de certo, que no dormir combaterei os monstros que hoje


me acompanham ...

SALMO 5 - Para sentir a presença de Deus em todos os momentos e para afastar energias negativas.





1 Dá ouvidos às minhas palavras, ó Senhor; atende aos meus gemidos.

2 Atende à voz do meu clamor, Rei meu e Deus meu, pois é a ti que oro.

3 Pela manhã ouves a minha voz, ó Senhor; pela manhã te apresento a minha oração, e vigio.

4 Porque tu não és um Deus que tenha prazer na iniqüidade, nem contigo habitará o mal.

5 Os arrogantes não subsistirão diante dos teus olhos; detestas a todos os que praticam a maldade.

6 Destruis aqueles que proferem a mentira; ao sanguinário e ao fraudulento o Senhor abomina.

7 Mas eu, pela grandeza da tua benignidade, entrarei em tua casa; e em teu temor me inclinarei para o teu santo templo.

8 Guia-me, Senhor, na tua justiça, por causa dos meus inimigos; aplana diante de mim o teu caminho.

9 Porque não há fidelidade na boca deles; as suas entranhas são verdadeiras maldades, a sua garganta é um sepulcro aberto; lisonjeiam com a sua língua.

10 Declara-os culpados, ó Deus; que caiam por seus próprios conselhos; lança-os fora por causa da multidão de suas transgressões, pois se revoltaram contra ti.

11 Mas alegrem-se todos os que confiam em ti; exultem eternamente, porquanto tu os defendes; sim, gloriem-se em ti os que amam o teu nome.

12 Pois tu, Senhor, abençoas o justo; tu o circundas do teu favor como de um escudo.

Eu ...


Eu ...


Eu sou a que no mundo anda perdida,
Eu sou a que na vida não tem norte,
Sou a irmã do Sonho,e desta sorte
Sou a crucificada ... a dolorida ...


Sombra de névoa tênue e esvaecida,
E que o destino amargo, triste e forte,
Impele brutalmente para a morte!
Alma de luto sempre incompreendida!...


Sou aquela que passa e ninguém vê...
Sou a que chamam triste sem o ser...
Sou a que chora sem saber porquê...


Sou talvez a visão que Alguém sonhou,
Alguém que veio ao mundo pra me ver,
E que nunca na vida me encontrou! 

FLORBELA ESPANCA

Linda Pa ti (Luar)


segunda-feira, 25 de julho de 2011

Verdades




"A árvore, quando está sendo cortada, observa com tristeza que o cabo do machado é de madeira. (Provérbio árabe)"


e eu acrescento; porque todos somos vida!!

Fiquei sabendo




sei


agora sei!!


quanto mais busco, a verdade, mais longe, a sinto longe


e como sei, aprendi


daqui e dali, verdades, orientações, conselhos, doutrinas, sabedorias, 


e sentida a verdade dentro em mim, a recolhia, a prendia, nas minhas mãos, como um pássaro pequenino para não voar


mas vinha uma águia e a levava ...


e ficava sem ela, mas outra vinha, e outra, e outra,

e, sei, agora sei,

como aprendi ...


a verdade não a saberemos nunca, aqui, nunca


porque somos, apenas, reflexo dela,


e por o sê-lo não a encontramos,

e sei,


agora sei, que por muito que a busque, não a encontrarei, nem a conhecerei, aqui 


e assim, apenas decido ficar


com tudo o que sou ...


com o que minha alma recorda, e eu não 


e sei, como sei,  agora, 


como única verdade que tenho

que  quando não busco nada 

encontro-me apenas a mim....



Analuz

Conselhos de vida ...



"Às vezes os problemas são sinais de que chegou a hora de o guerreiro iniciar uma nova batalha."
Roberto Shinyashiki
 
 

domingo, 24 de julho de 2011



o que eu quero mesmo é voar...

voar, como um pássaro livre, e tão livre ...

e sentir o vento nas minhas asas, o sol, a chuva, tudo em mim,

voar, para alcançar um mundo que não este no meu voou

e sentir, na alma, que sou capaz de ser apenas

um ser livre, sem amarras, nenhumas, e assim afastar a minha dor

e eu ainda acredito,  que vou conseguir voar, um dia

e voando afasto-me da minha dor,

e nesse voar, eu sei, vou te alcançar, a tua verdade. quando, voando, chegar até ti

mesmo que não o consiga, ora, acredito, como acredito,

que um dia vou voar, e chegar a te TI ....

 e até lá, vou procurando minhas asas, que aqui perdi ...



ANaluz

sexta-feira, 22 de julho de 2011

11 PODEROSOS MANTRAS DA CABALA PARA MEDITAR





Kodoish Kodoish Kodoish Adonai Tsebayoth
Santo Santo Santo é o Senhor das Hostes

Um dos 72 nomes de Deus na Cabala
E a nível espiritual a abordagem mais profunda sobre a ativação do Corpo de Luz em técnica e teoria. Tras enúmeros beneficios e curas, assim como rejuvenescimento, expansão da consciência, ativação da prosperidade, bílocação, etc ...
Repita esse Mantra todos os dias e em situações que sinta a real necessidade.


Mantra KODOISH, KODOISH, KODOISH ADONAI TSEBAYOTH (Santo, Santo, Santo é o Senhor, Soberano do Universo) Pronúncia: Kodóich, Kodóich, Kodóich Adonói Tsabeyót O mantra Kodoish, une todos os biorritmos do corpo (personalidade encarnada) com os ritmos espirituais do corpo do Eu Superior (Ajustador de Pensamento), de modo que todos os sistemas circulatórios operem como um batimento do coração cósmico. O mantra Kodoish, Kodoish, Kodoish Adonai Tsebayoth deve ser feito para discernir entre as forças celestiais espirituais e as "negativas". A saudação ativa um padrão de ressonância com o Trono do Pai que as "forças negativas" não conseguem suportar quando cumprimentadas com esta saudação. Esta saudação é tão forte que as "forças negativas" não conseguem permanecer nem por um lapso de tempo na presença de sua vibração. O mantra Kodoish, Kodoish, Kodoish Adonai Tsebayoth cria distorções temporais-mentais-espirituais dentro de nosso corpo, que nos permitem crescer de um pequeno microcosmo ao nível próximo da Divindade. O mantra Kodoish, Kodoish, Kodoish Adonai Tsebayoth é a chave da transformação e a vibração central coordenando todas as vibrações com o veículo espiritual do Homem.

Mantra LAYOOESH SHEKINAH (A Coluna de Luz da Presença Divina. Pronúncia: Leyoéch Checáina O mantra Layooesh Shekinah é um pilar de luz protetor e a luz guia do espírito. Emana do ofício de Shekinah e dos conselhos de luz. Quando oramos pela luz da sabedoria, através do pilar de luz, todas as coisas que têm trabalhado contra a vestimenta do Espírito do reino da escuridão são superadas. O mantra LayooeshShekinah dissolve todas aquelas coisas que têm trabalhado contra a linguagem do Espírito Santo e contra os 72 Nomes do Pai. O mantra Layooesh Shekinah age como um código queenergiza os outros Pilares sustentadores da Árvore da Vida. O mantra Layooesh Shekinah energiza o poder de ascensão e descida da Divina Presença como o veículo usado para a intervenção e libertação Divina, quando ancorado como uma escada de luz com os Santos da Terra. O mantra Layooesh Shekinah é a ativação dos Portais de Luz e o código para o Êxodo superior - entre os mundos.

Mantra OSE SHALOM (ACriador/Criação da Paz) Pronúncia: Osa Chalón O mantra Ose Shalon é usado para o Criador ou a Criação da Grande Paz que reconcilia nosso mundo com outros mundos internos - outras dimensões de existência. Podemos manifestar um aspecto desta paz se invocarmos este Divino Nome do Pai. O mantra Ose Shalon cria a configuração interna através da qual todos os elementos do Universo são mantidos unidos em um processo significativo. O mantra Ose Shalon contém uma força sustentadora, poderosa que trabalha para re-sintetizar todos os elementos iniciais da vida que entraram na criação do substrato deste Universo - como um buraco negro. O mantra Ose Shalon é a paz através da qual a Inteligência superior trabalha em apoio a inteligência humana, assim como aquele Poder que trabalha como um escudo de tempo equilibrando os quadrantes e divisões de cada rede planetária.

Mantra RUACH ELOHIM (O Espírito da Divindade Criadora Vivente) Pronúncia: Ruák Elojím.  O mantra Ruach Elohim representa o Espírito Vivente de Deus que existe como um depósito de Energia Eterna que é usado por todos os Filhos e Filhas experimentais nos Céus. A quintessência superior desta expressão é o Espírito (Ruach) que se estende do Pai Eterno aos 24 Anciões perante o Trono. Em tempo planetário, é o trabalho do Ofício de Cristo, que recoloca os níveis superiores da fusão espiritual para os derramar dos dons. - 24 Anciões - Senhores que se sentam à presença de YHWH trocando periodicamente suas ordens e sua glória com outros Mestres. - Fusão Espiritual - consiste na harmonização completa entre o Mortal Ascendente do Tempo e do Espaço (Eu Inferior) com o Ajustador de Pensamento (Eu Superior). Esta fusão consomeinstantaneamente o corpo material e o Mortal desaparece em uma "carruagem de fogo".

Mantra SHEKINAH ESH (O Fogo do Espírito Santo) Pronúncia: Checáina Ech O Fogo é uma força Espírito-Luz que permite a expansão, troca ou fluxo contínuo de várias realidades com a realidade original. O Fogo se manifesta do Reino do Pai unificando o trabalho dos 7º, 8º e 9º chakras. Seu papel central no nosso Mundo é superar a limitação do corpo tridimensional. As línguas de Fogo e todos os tipos de poder parafísico são transferidos através desta força para permitir que sejamos - como Cristo - uma luz no mundo da escuridão. Visualizemos uma Pomba circundada por um Fogo Flamejante e nós usaremos as Línguas de Luz que aparecem sobre nossa cabeça para falar a Sabedoria de Deus. Aqui nós começaremos areconhecer a "paz que atravessa todo o entendimento", quando nós experimentarmos o testemunho interior entre o espírito dentro de nós e o Espírito "em fogo". Ele presta testemunho que nós somos os verdadeiros Filhos e Filhas de Luz através da extensão do Corpo Espírito Luminoso, o qual é vertido em nossa vestimenta de carne. Agora nós podemos testemunhar formas-pensamento ígneas descerem dos Reinos do Ofício de Shekinah para iniciar uma mudança quântica na Terra.

Mantra SHEMESH YAHWEH (A Filiação de Yahweh) Pronúncia: Chémech YáhwehO mantra Shemesh Yahweh representa a Filiação Vivente daqueles que assumem aresponsabilidade para fazer a Vontade do Pai que está nos céus. É o ofício do Cristo Miguel ou o Amor Divino que é realizado através da cruz cósmica, a conjunção do Cristo Celestial com o Corpo de Serviço de Jesus, Humano Mortal Ascendente. O mantra Shemesh Yahweh desperta o embrião divino vivente dentro de nós buscando reprogramar o corpo inteiro. Esta é uma vida de adoração e estudo em companheirismo com os Santos, trazendo ensinamento que é suficiente para a unificação da Irmandade do Homem e a Irmandade da Luz. Que possa o Shemesh Yahweh estar sobre nós! Deixai o fogo do Shemesh Yahweh estar sobre nossas cabeças e possam as luzes do raio e as Luzes da vela iluminar e ir por todo o mundo.

Mantra SHEM SHEL GEBURAH (Força Dinâmica do Nome Santo)Pronúncia: Chem Chel GuebúraO mantra Shem Shel Geburah consiste em uma afirmação para o poderoso Nome que reprograma os meridianos bioquímicos e os limiares genéticos de nosso corpo, buscando sentir uma presença interna divina do Espírito. Através do Poder dos Nomes Divinos nossos cristais de sangue tornam-se como uma jóia multicolorida que pode falar e pronunciar Verdades superiores. O mantra Shem Shel Geburah é usado para edificar uma parede de proteção a qual pode sobrepujar tudo aquilo que vai contra os pensamentos, palavras e obras do Altíssimo. O mantra Shem Shel Geburah trabalha com os sete os Sete Espíritos Guardiões e os Ajustadores de Pensamento (Presença Eu Sou) que governam os reinos interdimensionais de criação e, através da Dinâmica de Sabedoria e Misericórdia, equilibram as forças inferiores e trazem Justiça para o mundo material. O mantra Shem Shel Geburah gera poderosas (Geburah) formas-pensamento que são implantadas através do Nome Dinâmico (Shem Shel).

Mantra Y-H-W-H (Yod He Wod He) (A Essência de Deus) Pronúncia: Iód Rê Uód Rê. O mantra Yod He Wod He revela a essência interior e os ofícios do Pai promovendo a glória das 24 dimensões. O mantra Yod He Wod He funciona como o código da criação física programando e reprogramando as hastes do DNA e do RNA de acordo com as 64 códigos de letras flamejantes. O mantra Yod He Wod He é um tetragrama que detém o poder de programação da Mente Superiora, a coroa de luz que governa o esquema de sustentação dos corpos. O mantra Yod He Wod He permite a ascensão e a descida das Ordens de Criação de Luz entrando através das dimensões da raça adâmica. O mantra Yod He Wod He é a chave para todo Nome Sagrado e o código que invoca Miguel, Metatron e Melquisedec como Senhores dos Mundos de Experienciação O mantra Yod He Wod He é o nome revelado a nosso Universo-Pai do Deus Vivo ao fundo de todos os Deuses Criadores.

9 - Mantra YAHWEH SHAMMAH (O Pai Yahweh está lá) Pronúncia: Yáveh ChamáO mantra Yahweh Shammah representa o chamado que nos diz para prepararmos o caminho para o lugar onde o Senhor Yahweh manifestará a Sua Hierarquia e a Si próprio na nova cidade de Jerusalém (Habitação da Paz). O mantra Yahweh Shammah nos diz que nos lugares sagrados, onde os ungidos são reunidos, Yahweh estará lá. Yahweh - O Pai explicitamente revelado. O Santíssimo "Revelador" que se manifesta por meio de seus nomes sagrados: Yahweh Jirah - Yahweh proverá Yahweh Shalon - Yahweh é paz Yahweh Shammah - Yahweh está lá Yahweh Nissi - Yahweh é meu estandarte Yahweh Tsudkenu - Yahweh é nossa retidão.

Mantra YESHIBA ZADDIKIM, YESHIBA HARAZIM (A Academia Celestial dos Justos e das Escritas Secretas)Pronúncia: Ye-chíba Zádikim, Ye-chíba JárazimO mantra Yeshiba Zaddikim, Yeshiba Harazim representa o Conselho onde os executores das Decisões Divinas estão em sessão permanente. O comando Divino sobre o governo do Planeta inclui os Príncipes dos reinos celestiais e Emissários dos reinos terrestres e ultraterrestres. O mantra Yeshiba Zaddikim, Yeshiba Harazim conecta diretamente ao Conselho onde os eventos de universos inteiros, das nações de um planeta, dos indivíduos de um reino planetário, do reino angélico são revistos por Professores Justos. O Conselho dos Justos coleta e compara as formas-pensamento geradas com os "livros de fogo e chama" iniciais que foram usados para os códigos de vida pré-determinados e pré-existentes.

Mantra ABBA NARTOOMID (Pai da Luz Eterna) Pronúncia: Abaá Nartumide Da luz ilimitada do Ain Sph, o Natoomid emana como um Poder de Luz Divina que pode se adaptar a uma miríade de sistemas relativistas de luz comum. Os pensamentos do Pai combinados com os trabalhos do Natoomid como uma força magnificente interconectando os limiares do Alfa e Ômega de cada sistema de vida com o Sistema Divino da relatividade coletiva. O poder dessa expressão pode invocar energias que podem criar círculos de Luz Branca enviadas do Pai para aqueles que precisem de Energia de Proteção e Cura. Visualize raios de luz protetora vindo dos mundos superiores, ã medida que chamamos ABBA (Pai). Eles atravessam as barreiras de luz comum para alcançar os necessitados, emanando raios de cores branco-amarelo-azul-violeta que penetram os reinos de criação entrelaçando círculos de diferentes magnitudes estelares. Como uma explosão inicial de uma estrela, esse poder unifica os mundos de nascimentos cósmicos.

Filosofando Com a Arte...: Reflexão Introspectiva

Filosofando Com a Arte...: Reflexão Introspectiva: "Conhecimento!...porque são benéficos,pertencem aos fundamentos da vida,que conduz ao desencantamento,a dissipação,a cessação do sofrimento..."


Blog da minha amiga Fernanda Tomaz, deixo aqui um link de um post recente dela para você conheçer seu mundo.

e para ti Fernanda, dizer-te que não consigo comentar de forma alguma nos teus blogs, o que me entristece muito, pois tens artigos que gostaria emensamente comentar.

abraço para ti

e para todos vocês....


quinta-feira, 21 de julho de 2011

Conselho emprestado


só quero que se aperceba que a vida é isso acima!!

corre e corre, passa de segunda-feira para sexta-feira sem nos apercebermos, e quando damos por ela
não fizemos nem dissemos tudo aquilo que nos ia na Alma!!


e vemos, espantados que ela chegou ao fim do trilho!!


p.f., tenha consciência disso, pare o trilho dela um tempinho e faça o que sempre adiou a fazer, e dizer aquilo que sempre quiz dizer a alguém, você sabe o quê, tenho a certeza ...

No meu mundo de sonhos, acordo todos os dias assim ...


AFINIDADE



  AFINIDADE não é o mais brilhante, mas é o mais sutil, delicado e
penetrante dos sentimentos. Não importa o tempo, a ausência,
os adiantamentos, a distância, as impossibilidades.
Quando há AFINIDADE, qualquer reencontro retoma a relação,
o diálogo, a conversa, o afeto, no exato ponto de onde
foi interrompido.
AFINIDADE é não haver tempo mediante a vida. É a vitória do
adivinhado sobre o real, do permanente sobre o passageiro,
do básico sobre o superficial.
Ter AFINIDADE é muito raro, mas quando ela existe, não precisa
de códigos verbais para se manifestar. Ela existia antes do
conhecimento, erradia durante e permanece depois
que as pessoas deixam de estar juntas.
AFINIDADE é ficar longe, pensando parecido a respeito dos mesmos
fatos que impressionam, comovem, sensibilizam. É receber
o que vem de dentro com uma aceitação anterior ao
entendimento. É olhar e perceber.
AFINIDADE é um sentimento singular, discreto e independente.
Pode existir a quilômetros de distância, mas é adivinhado
na maneira de falar, de escrever, de andar, de respirar.
AFINIDADE é retomar a relação no momento em que parou.
Porque o tempo e a separação nunca existiram. Foi
apenas a oportunidade dada pelo tempo para
que a maturação pudesse ocorrer e que
cada pessoa pudesse ser
cada vez mais...

A vida foge ...




A vida é uma peça de teatro que não permite ensaios. Por isso, cante, chore, dance, ria e viva intensamente, antes que a cortina se feche e a peça termine sem aplausos.
 
Charles Chaplin

Nos meus desvaneios ...




e nos meus desvaneios, mais um dia passado, e porque a mente nunca pára... penso


tenho pensado, quando a vida me dá oportunidade de parar, por momentos, nem que seja apenas para saborear um cigarro, e a mente corre, mas pára ao mesmo tempo, num pensar ...

pergunto-me mais uma vez o que faço aqui!!

no rodopiar interno da minha busca constante de saber quem sou, apesar de atrás no meu tempo nem sempre ter ocorrido assim, porque, nesses tempos me encontrava presa apenas nos meus viveres, diários, e problemas por resolver. apesar de sentir a dor dentro a cada segundo, não a procurava, o seu saber, apenas sentia, e doia... como doia...


mas algures no tempo, que correu em mim, surpreendi-me a questionar-me a mim mesma, o porque daquilo que vivia, vivi, e me transtornava por dentro, sem encontrar a sua razão,


e nessa busca encontrei um ser frágil, que sentia dores internas, que não se compreendia, nem ao mundo que a rodeava, nem com quem ela travava, descobrindo também que não, nunca se amou, não se procurou, apenas se entregava à vida, dia a dia, como um relógio que obrigado a seguir a corda que lhe foi dada, sem pedir, ia batendo a hora quando chegava o momento!!

e. num  momento, num momento apenas, decidi entrar no jogo da vida, e na procura das suas regras, que seriam as minhas para conseguir chegar ao seu fim e ganhar,  fui descobrindo, o que sou, realmente sou ....


e vim a saber descobrir, que sou apenas eu, com as minhas dores, as minhas ansias, os meus desejares, as minhas ilusões, os  meus desejos,


e descobri também que o que vivo, aqui, só eu o vivo, particularmente, e mais ninguém o vive como eu o vivo, ninguém sente o que eu sinto, senti, em cada momento da minha vida, e sou uma caixa cheia de surpresas que se revelam dia a dia, e que as que passaram trouxeram-me apenas sabedoria, em mim, e me fizeram compreender, na alma, que só vivendo, dia a dia, e todo o vivido até ora, formou o ser que sou, 


sabendo, no entanto, que a busca que começei ainda não terminou, apenas começou, continuo em cada momento que respiro encontrar-me a mim mesma, neste rodopiar constante que a vida me entrega, chegando à conclusão que, somente com o passado sentido e tudo que ele me entregou, e o presente me entrega, segundo que passa, e até ao fim de mim mesma, chegarei a subir um degrau apenas, na vastidão do caminho que me propaguei a seguir, desde o momento que consenti saber .. quem eu realmente sou ....


Analuz

quarta-feira, 20 de julho de 2011

Parte do meu passado


meu papy e minha mamy, quando casaram...
Deus já tem os dois junto a ele, e aqui fica uma pequena homenagem a grandeza que eles eram!!

terça-feira, 19 de julho de 2011

Obrigada Vera



mais um selo entregue pela minha amiga Vera Lúcia RECANTO DO SOL
e com todo o meu amor agradeço, a sua entrega

e o entrego, como manda a Lei dos selos a:

EU A A LUA FEITIÇEIRA, MINHA MANA DA ALMA
http://euealuafeiticeira.blogspot.com/

SWIFTEE
http://queridosuperdiario.blogspot.com/

GABIZINHA
http://gabigrazieli.blogspot.com/

MEU CANTINHO ENCANTADO
http://arionetorres.blogspot.com/


PSYCHE'S FRAGMENTS
http://psychesfragments.blogspot.com/

Para DEUS,,, meu Deus sempre



e hoje, vai para ti


esta mensagem


já que a ti não consigo chegar, por muito que brade e clame, dentro


e pela manhã, quando acordo, sem forças, sem vontade alguma de seguir, 

eu sei ...

és tu que me dás o alento que preciso


eu sinto, és tu


e nesse sentir,  lanço-me a mais um dia de vida rotineira


mas sempre na esperança de que algo aconteça de espectacular durante o dia

que me mostre quem és e que aqui estás, junto a mim


e mais um dia passa, igual, igual a todos os outros, semprre


e não vejo, nem te encontro,


nem a tua beleza, como a imagino, 


como uma luz extraordinária que encadeia  tudo e todos  mas que me enche de vida ... infinita

como quando junto de ti estava

e espero, segundo a segundo, e a ti suplico, tu sabes, só tu, como suplico


encontrar-te, nem que seja só por segundos, aqui onde estou presa, e te sentir,


como sempre te senti...


e que agora tua falta me mata por dentro, na alma que chora


na ansia de te sentir perto de mim, mais uma vez ...


e poder voar, como sei que voei, à tua roda, 


engrandeçendo-te, 


e agradeçendo teu amor, por mim, por todos, por tudo


tão simples e tão singelo, como o mais puro que possa existir, não aqui onde estou embarcada


mas apenas no teu mundo, 


onde sempre o senti....


e mais uma vez, aqui suplico

e espero a hora, derradeira hora, derradeira apenas qui sentida, pelos outros que cá ficam , sem mim

que me leves, enleves. me recolhas, mais uma vez ...


no teu berço e abraço,

para poder voltar, mais uma vez 


a te sentir em mim....


e a tornar, mais uma vez a te chamar


meu Pai

segunda-feira, 18 de julho de 2011

revolta



revoltada, e com dor, dentro, choro, 


e em cada lágrima, sinto-me,


revoltada comigo mesma, desde sempre, desde que me conheço, de pequenina,


revoltada, por sentir assim, como me sinto

sempre desiludida com o que se me apresenta


com o que vejo neste mundo que até ora vivi, 

e penso, deliro 


talvez acertando


que aqui estou porque quiz


porque decidi algures, num outro tempo que reconheço


mas não conheço, aqui, onde me encontro


e procuro no silêncio


algo que me diga, que faço aqui, porque vim


se não me lembro,


da força que senti para aqui abarcar


para desejar isto tudo, que até ora vivi


e peço a alguém a algo que não conheço, e chamo Deus


que me levante, me leve


deste mundo, porque aqui não sou


não consegui ficar em pé nas montanhas 


e navegar nos mares revoltados da vida 

e que não me deixa ser eu, apenas ...

a pequenina luz que buscou fora


e agora dentro,

e sentir minha alma abatida, 


e meu coração cansado 


e as preocupações surgem 


e me retiram de mim, 


de tudo aquilo que possa um dia ser, ter sido, e não consegui, 


aqui, onde me encontro,


e me falta as forças


para almejar o que um dia, em seu tempo


decidi ... alcançar, quando aqui vim ..

Holodeck





Vc cria sua própria realidade
Holodeck para quem não sabe, é um simulador de realidade virtual, onde é possível criar tudo o que vc quiser: pessoas, ambientes, situações, acontecimentos, etc. O termo foi lançado na série Jornada nas Estrelas, mas, se vc pensa que isso é ficção científica, está enganado, o Holodeck já veio instalado em nossas cabeças, quer vc saiba disso, quer não. A verdade é que o mundo que vivemos foi criado pela soma de todos os nossos Holodecks. Todas as desgraças e todas as maravilhas são criação nossa. Difícil de acreditar ? Nem tanto, o difícil é vc ter consciência disso e começar a usar adequadamente e intecionalmente o seu. Mas nem tudo está perdido, pois, existem maneiras de fazê-lo funcionar corretamente, e entendo como correto aqui, tudo que te traga paz de espírito, bem estar duradouro, estabilidade emocional, equilíbrio, etc. Toda a criação, pressupõem um criador. Se já temos o Holodeck instalado em nossas mentes, alguém ou algo deve ter planejado isso, seria o criador dos criadores, chame-o como for-lhe mais conveniente. A realidade é que, quando vc acessa essa fonte suprema, infinitamente superior à nossa mente, vc começa a sentir que está flutuando, que está fluindo nas asas da Natureza, nas asas desse campo ilimitado, vc não faz nada e faz tudo ao mesmo tempo, pois, sintonizado com a fonte, tudo encaixa-se perfeitamente, na hora certa, no tempo certo. Só o que vc precisa fazer é entrar em contato com esse manancial interminável. Como ? Bem, nosso sistema nervoso é a interface que liga esses dois campos, ou seja: o campo da nossa realidade limitada, com o campo dessa realidade sem fronteiras. A pergunta é: Como anda o seu sistema nervoso ? Estropiado, drogado, estressado, alcoolizado, agitado, no limite ? O fato é que quanto mais vc cuidar do seu sistema nervoso, mais fácil será transcender os aspectos limitantes da sua vida. Observe que esse transcender não significa, manter-se alienado, fora de si, ou exigir-se quaisquer tipo de controle mental e coisas do gênero, mas sim, naturalmente, sem esforço, transcender para recarregar as energias, para voltar à sua atividade diária podendo exercê-la muito mais centrado, muito mais eficiente, muito mais capacitado. Imagine-se como sendo o seu celular, todo dia vc recarrega-o para que possa cumprir suas funções adequadamente, agora, se vc não faz isso, obviamente, ele não lhe será útil, não adianta gritar com o aparelho, jogá-lo no chão, chantageâ-lo emocionalmente, tentar fazer-lhe sentir-se culpado por não estar rendendo o desejado. O ser humano hoje em dia, vive algo semelhante, submetido à todo tipo de cobrança, desde a eficiência sobre humana até a neurose da precocidade, como vai poder desempenhar suas funções se não sabe como recarregar-se ? Se vc pensa que viajar, caminhar, sair com amigos, exercitar-se, etc, lhe trará a energia necessária, vc está enganado. Claro, essas ações ajudam, mas, no geral, são apenas paliativos. O que vc precisa é de algo poderoso, que gradualmente vá gerando um bem estar contínuo, uma base sólida onde vc possa apoiar-se e crescer sem medo, sem restrição, sem ansiedade, crescer integralmente em todos os seus aspectos, pois, só vc pode ser vc totalmente. Como ? A resposta é simples: ” Meditação Transcendental “, conhecida e praticada à seculos, por gurus, que ficavam isolados nos Himalaias, agora ela está disponível para qualquer pessoa que queira usufruir de seus benefícios, que não são poucos. Uma técnica simples, fácil, mas muito poderosa. Você certamente já ouviu falar de David Lynch, o cineasta americano ? Ele pratica esta meditação à mais de 30 anos, se vc tiver interesse, busque no Google a entrevista que ele deu ao Roda Viva da TV Cultura em Agosto de 2008, lá, ele explica alguns aspectos da “ Meditação Transcendental  e sua influência na vida profissional e pessoal do cineasta, pois, ninguém quer realmente viver pela metade, ou quer ?


Fonte: http://carlike.wordpress.com/

Ho'oponopono significa "acertar o passo"


A partir do pedido de alguns sentimos a necessidade de criar um ritual de sintonização ou um ato que possa estabelecer em nossa mente uma mudança na qualidade da atenção que nos permita em meio ao cotidiano criar em nós mesmos um espaço de silêncio, de cura, de amor e de positividade.

Cada um de nós está enfrentando certo tipo de desafio nas diferentes áreas da vida, são nossos campos de treino de nossas habilidades mentais e emocionais.

Levar uma maior qualidade de atenção para o cotidiano é fundamental para lidarmos com os nossos desafios. Alguns nos relataram seus desafios:

- problemas de saúde na família
- sobrecarga de trabalho profissional
- competição profissional acirrada
- desemprego
- crises de ansiedade
- problemas de relacionamento

Sabemos que os desafios são provas que a própria Vida nos coloca para nos indicar como estamos agindo, vibrando e manifestando a nossa própria forma de ser no mundo.

Mudar a forma como nos sentimos mudam as nossas vibrações e ações e se por vezes não mudamos a realidade circundante de forma tão rápida como esperamos ainda assim podemos mudar a nós mesmos de forma quase instântanea ao executar práticas que aumentem o nosso nível de atenção sobre nós mesmos e sobre o nosso momento presente.



 
Uma das práticas mais poderosas que conheço para mudar nosso estado interior chama-se Ho'oponopono. Ho'oponopono significa "acertar o passo" ou alinhar-se com a Vida. Esse processo de alinhamento baseia-se em três atitudes interiores:


Amor
Perdão
Gratidão





Amor pelo fato de estarmo vivos. Mesmo o ser humano na condição mais difícil luta por viver porque simplesmente ama a vida. Assim amor é amor pela vida porque a própria vida que temos é resultado de um ato de amor.


Amor para ser amor não precisa ser perfeito. E como não somos pefeitos em nosso amor surge o perdão como ato onde o nosso amor imperfeito perdoa a si mesmo, porque reconhece a imperfeição de nosso amor e busca aperfeiçoá-lo pela compreensão da própria imperfeição.

 

 Essa imperfeição possui a sua beleza, é decorrência de nossa condição humana, que é a condição de aprendizes de deus. Nós somos deuses que erram e aprendem pelo erro, assim perdoamos a nós mesmos porque nos vemos como aprendizes da vida. A vida é extremamente generosa, assim devemos ser generosos com nós mesmos, sem sermos complacentes, e nos abrir para as oportunidades de aprendizado. Aprender a viver é uma benção, pois gera em nós um amor maior pela vida e esse amor maior resulta em gratidão.


Mesmo na situação mais difícil lutamos por viver e a nossa luta é uma outra forma de honrar a vida e demonstrar nossa gratidão ao mistério infinito que nos rodeia.


 

 A dor é um sintoma. Sintoma de algo que devo trabalhar e que me induz a buscar a partir de certas perguntas: por quê? Se a causa não depender de mim nada há a fazer. Mas como tudo no Universo está conectado através da força do amor o que acontece em mim é fruto de uma conexão infindável da vida, numa trama complexa de causas e efeitos. O amor é um círculo perfeito e infinito. Desse círculo que é também a lei suprema, deriva a lei do carma, causa e efeito. O que provoca a dor é a falta de alinhamento com a vida. Por isso Ho'oponopono significa "acertar o passo". É mais fácil acertar o passo pelo Ho'oponopono do que pelo Carma. Podemos ver o Ho'oponopono como um processo de balanceamento. Balancear-se é encontrar o próprio equilíbrio. Encontrar o próprio equilíbrio é um processo de fazer justiça a si mesmo. Sempre pensamos na justiça em relação ao que nos devem ou ao que devemos ao outro, mas quase nunca pensamos naquilo que devemos a nós mesmos e a própria vida. Como podemos ser justos para com a própria vida? Devemos à Ela o que somos. Como iremos pagá-la? Vivendo da melhor maneira possível, da maneira mais sábia, nos alinhando com a Vida. Podemos acertar nosso passo nos alinhando vibratoriamente com a vida através do amor, do perdão e da gratidão. E tudo começa por nós mesmos.

 

 Temos dentro de nós mesmos uma programação mental e emocional que herdamos da cultura e que nos tira do alinhamento com a Vida e que gera doença, miséria e solidão. Sabemos que isso foi feito através da religião, das escolas, da família e da mídia com o objetivo de controle e exploração. Nossa tarefa é nos livrarmos dessa programação implantada. Precisamos desprogramar essa herança mental e emocional que gera o mundo atual tal como o conhecemos: a matrix do ódio, da vingança e da ingratidão. Essa programação se dá em níveis profundos da mente e pede um trabalho contínuo sobre a mente. O Ho'oponopono é um ato simples de desprogramação da negatividade inconsciente através do amor, do perdão e da gratidão.


Esse ato simples começa por dizer silenciosamente, para si mesmo, num momento de seu dia, em estado de relaxamento as seguintes expressões, que são exemplos mais do que modelos:


 



Eu te amo, sinto muito, me perdoa, sou grato.


Repita para si mesmo, sem se tornar mecânico. Coloque atenção, coloque sentimento. Pode ser que você tenha dificuldade em ativar o sentimento. Você pode ativar o sentimento realizando o Ho'oponopono para uma pessoa que você ama muito. Pode ser você mesmo. Pode ser através da consciência de estar vivo e da vitalidade que seu corpo emana. Pode ser através do agradecimento por estar vivo nesse preciso momento. A percepção consciente da vida em você é deus. Perceber e sentir isso nos coloca num estado interior favorável a realização da prática do Ho'oponopono. Um som legal para acompanhar a prática pode ser este:

 A música dura 15 minutos que voam como o vento quando se entra na sintonia, quando você se permite estar consigo mesmo. Para alguns 15 minutos talvez seja muito, cultivem gradualmente o tempo de foco, comecem com pouco e aumentem.
 É recomendável que a prática seja acompanhada pela visualização de uma coluna de luz azul vibrante que vai além dos limites do corpo em todas as direções. Essa visualização pode ser praticada em diferentes momentos do dia.


Se quiserem podem criar um ambiente favorável à pratica dentro de casa, um local silencioso, onde você possa estar sem ser incomodado por um tempo, com incenso rolando durante a prática e um copo d'água para beber após o ritual.
 Exercitem-se na prática. Façam-na para si mesmos, para outras pessoas, para a Terra e para a própria Divindade. Fazer no chuveiro pode ser uma boa idéia. Usem a criatividade e deixem que a prática os conduza.


Fonte: Meditação planetária 

Caclule seu bioritmo - CLICK

TAROT DA CRUZ - Clik P/JOGAR

DIVULGANDO O LIVRO DE MARIA ALICE CERQUEIRA

Livro: "DOIS JOVENS EM BUSCA DA FELICIDADE " de uma amiga visite seu blog- clique na imagem

Livros grátis para download - todos os géneros

Blog Ebooks Grátis

Reflexão surpresa - clik

Reflexão surpresa - clik
de: SIMONE: Auto-ajuda

Acenda a sua vela

Acenda a sua vela
clik na imagem: