sábado, 28 de janeiro de 2012

Felicidade ??!!




Uma relação sem surpresas é

como torradas sem manteiga!!

é como fazer amor sem orgasmo

é como uma planta sem Sol

quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

Mo

ver-te, sorrir

sentir-te, sorrir

por dentro, e por fora

é essa a única razão da minha vida

e quando sinto dentro que ele te falta

mesmo que me tentes enganar

eu sinto isso, e não me podes esconder

a desilusão da vida que te fiz até ora proteger

mas que tu sentes, na pele

e que foi em vão o meu tapar

apenas, para te sentir

sempre, a sorrir

e te sentir, a amar,

a própria Vida

sem alguma dor...

Analuz


Viver, apenas ...




Viver

sem ter

sem provar o cálice da provação

sem ter sentido percorrer, meu corpo

o arrepio da paixão no meu ser

viver

e morrer, sem viver e amar, na plenitude

e ficar gravada em mim, na alma

a falta que sinto de um amar

de um querer, extremo, 

que, aqui, sei, que estou ora,

não posso viver

porque não existe

neste mundo, 

um amor assim ...

eu sei!!


Analuz

Amar??



será que esse amor que se prega ...

esse amor de sentir tua pele na minha

de viver tua vida, porque ela é a minha

de sentir o corpo, em corpo, como se fosse só um

acreditar

que poder amar

amar, renascer nele

amar loucamente

e acreditar, na alma

que exista esse amar

para sempre???


Dor



alguém aí fora

me sabe explicar

porque nos nosso mundo

prevalece a Dor??





Voar



a beleza da natureza

no voar mágico de um pássaro

me faz sentir pequena, na sua grandeza

Analuz

Uma brisa apenas



gravada em mim

no meu ser

a brisa da Vida ...


Analuz



Dama de Negro



Dama de Negro

como te sinto dentro

como me fazes sentir, EU

Dama de Negro

mostras que a dor te vai dentro

que a perda te mata

que a luta, no dia, dói

e na noite, marca a ferro

e as forças, vão faltando

por isso te vestes de negro

e mostras ao mundo 

a tua dor

na tua veste

apenas, porque, já nem forças tens

 e na tua alma já não há  nenhuma cor


Analuz














Mamy



e ao fechares os olhos

te fostes, de mim,

mas,  não deixei de te deixar

uma rosa escarlate junto a Ti

antes de te levarem de mim


Analuz






Não posso esqueçer



que faço de mim

como posso viver
se isto não passar
como vou esqueçer tudo aquilo que até aqui vivi

se tudo tem sinais no meu ser
não posso esqueçer

acordar
sem viver

adormeçer a chorar

e viver sem amar
e a dor de perder não passa jamais

perder em tudo até ora

que faço

eu não sei

tudo que tenho ao meu redor

estás marcado no meu ser

não posso esqueçer

o amor que nunca alcançei

e tudo o mais 

por mais que diga a mim

a vida não tem sentido

e a paixão perdida na Vida

a falta de forças
a falta de horizontes

e a marca, forte, de ter fracassado

fracassado em tudo

como vou esqueçer
se não posso esqueçer

tudo que relembro ao encostar a cabeça no travesseiro

que teima em me lembrar que tudo tem sinais

que vivo apenas para respirar

mais um dia

mais um momento

sei que não
não posso esqueçer

ao acordar

que viver, sem ter

não vale a pena

não vale mesmo a pena ....


Analuz







Dor na Alma


 
quem fica a sofrer, dói demais

Analuz

terça-feira, 17 de janeiro de 2012

A falta de um amor real no mundo é tão grande que a minha falta se torna pequena ...


vivo sem razão




vivo, sim, sem razão

não por saber aqueles que amo, e que me querem,

e que fazem continuar

mas creio, sinto, que vivo sem razão

pois na Vida ainda não encontrei o verdadeiro Amar

a verdadeira entrega, sem limites, imposições, apenas paixão

paixão de carne e alma

que o vento e a chuva que sentimos na pele nos fazem sentir

e o simples olhar o claro do céu nos faz vibrar

sem nada pedir, ou contrapor ...

que nos faz sentir alguém, apenas num olhar

num tocar de pele

num abraçar

não quero, não quero mais,

sentir mais uma vez

alguém que me faz sentir em falta, impotente, sem forças, 

que não compreende, ou sequer tenta, sequer, saber 

o porque do aquilo que sinto e faço

o que sinto, penso, continuamente, segundo a segundo

não encontrei em vida, até ora

um amor puro, carne a carne, alma de encontro à outra

que dê de tudo para me ver sorrrir

e que seja capaz de conquistar o mundo por mim

que não quisesse ver-me, jamais, chorar, por nada ...

e aqui, não, nunca senti

niguém me fez até ora ver o mundo dessa cor

nem sentir um sabor chamado verdadeiro amar

apenas, consegui, imposições,  cobranças, 

e questionamentos, apenas isso ...

não senti, até ora,

um amor, que me diga

minha, és minha

porque te quero, assim como és

porque és Tu, e eu te quero

pelo aquilo que és

e vivo por Ti, até que morra

porque és minha, e se és assim

eu te quero para mim

e perdi a esperança de algum dia

num olhar, quando acordar

alguém me entregar o seu

apenas, sem nada pedir, sem nada questionar

apenas, por me ter ao seu lado e me sentir respirar

amar por aquilo que realmente SOU

com a paixão da sua alma, na minha,

estou desistindo, de algum dia 

sentir o querer

de alguém que me queira

até que o sol nasça de novo

e a lua apareça no céu

mais uma vez

nesta minha vida a acabar




Analuz


quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

As Dimensões - Seus Habitantes e Características (SERÁ?)


* 1ª Dimensão - Primeira Dimensão
Na primeira dimensão encontramos seres unidimensionais que se comunicam através de sensações como o frio, o calor, os desgostos, as vontades, entre outros. Estes seres não tem consciência das outras dimensões e por isso não as percebem conscientemente. Não têm capacidades suficientes para formularem conceitos, nem lidarem com tais. Apesar de estarem na primeira dimensão, os seres unidimensionais possuem corpos perceptíveis na terceira dimensão que deixam um rasto conforme se movem. Atenção que este rasto pode ser tanto imaginário, como não imaginário (ainda pode ser os dois tipos de rastros ao mesmo tempo). Esta dimensão é relativa ao comprimento.

 Exemplos de seres da 1ª Dimensão: lesmas, minhocas e outros seres rastejantes.


* 2ª Dimensão - Segunda Dimensão


Já na segunda dimensão, os seres que a habitam são bidimensionais. Não se comunicam só pelas sensações, mas também pelos sentidos (os 5 sentidos). tal como os seres unidimensionais da primeira dimensão, os seres bidimensionais também não percebem as outras dimensões conscientemente. Mas espera aí! Você tem um gato em casa? Se você tem, fique sabendo que os gatos são os únicos seres bidimensionais que podem "perceber" as dimensões superiores. Continuam sem conseguir formular conceitos, mas tome em atenção que os seres desta dimensão possuem graus evolutivos muito diferentes. Tem os seres mais evoluídos que já entendem pequenos comandos sem haver uma conceituação sobre eles e seres que ainda são pouco evoluídos. tal como os seres unidimensionais, os seres desta dimensão também possuem corpos perceptíveis à terceira dimensão (3ª dimensão). A segunda dimensão é relativa à largura.

 Exemplos de seres da 2ª dimensão: gato, cão, girafa, leão, entre outros (com a excepção do ser humano).

* 3ª Dimensão - Terceira Dimensão

Esta dimensão é o nosso conhecido mundo tridimensional ou mundo físico. Nesta dimensão são as leis físicas da 3ª dimensão que regem todas as manifestações e relações dos seres com os pontos tridimensionais. Os seres que habitam a terceira dimensão são tridimensionais. Os seres tridimensionais não se comunicam só através dos 5 sentidos e das sensações, estes seres se comunicam também através de conceitos. Por exemplo: você está lendo este texto e está se comunicando comigo através de conceitos. Para estes seres perceberem as outras dimensões conscientemente, eles precisam despertar e dominar as suas consciências. Para despertar e dominar a consciência é preciso um trabalho árduo e perseverante. A terceira dimensão é relativa à altura.

Exemplos de seres da 3ª dimensão: seres humanos (encarnados, ou seja, que possuem corpos físicos).



* 4ª Dimensão - Quarta Dimensão


Esta dimensão é conhecida pela ciência como a 4ª coordenada ou hiperespaço. É relativa ao tempo. Alguns chamam a quarta dimensão de mundo etérico (éter, o quinto elemento da Natureza - os outros elementos são água, terra, fogo e ar). Há religiões que a reconhecem como "O Paraíso". É habitada por seres quadridimensionais. Contudo, nesta dimensão existe uma diferente relativamente às dimensões anteriormente mencionadas: a quarta dimensão está dividida em duas zonas.

A quarta dimensão se divide em duas zonas ou regiões:


1ª - A região/zona inferior: é uma região habitada por "magos negros", por "zangões" e outros elementos de baixa vibração, ou seja, elementos negativos.


 2ª - A região/zona superior: é uma região habitada por elementos inteligentes e bons que não prejudicam ninguém e que cultivam sentimentos nobres. Esta região é habitada por elementais da Natureza. Os elementais da Natureza como já mencionei são os gnomos, fadas, devas, salamandras, duendes, entre outros tantos.



* 5ª Dimensão - Quinta Dimensão


Bem, a quinta dimensão é relativa à Eternidade. É nesta dimensão onde podemos investigar/descobrir coisas do passado e do futuro usando o nosso corpo astral e o nosso corpo mental. Quando fazemos uma regressão, acabamos por aceder a quinta dimensão, seja através do corpo mental ou astral. Podemos encontrar nesta dimensão os registos akáshicos (akasha) que guarda os débitos e créditos individuais. Através destes registos, nós podemos saber o exacto momento da nossa próxima morte física, bem como saber como foi a nossa última morte física. É uma óptima oportunidade de ultrapassarmos traumas e de descobrir erros e acertos. O nosso EGO não ultrapassa essa dimensão. Agora, tome o cuidado de praticar com frequência o desdobramento astral (projecção astral) consciente, pois caso você não pratique, você se torna sensível às armadilhas do EGO, que cria formas belas e perfeitas para continuar manipulando a nossa vontade através dos nossos eu's. Se não tivermos consciência nesta dimensão (nos projectarmos conscientemente) estamos sujeitos aos ataques dos "magos negros" e seus terríveis poderes.


 Esta dimensão está além do tempo, é o eterno agora. Por alguns é chamada de mundo molecular.

Mas a quinta dimensão não é só isso, ela está dividida em dois mundos (o astral e o mental) que se subdividem em inferior e superior.

Mundo Astral


1º- Mundo Astral Inferior


Esta região é conhecida por limbo e também por Umbral, pois podemos encontrar nela os encarnados e desencarnados. Quando nos projectamos no astral, costumamos ser levados para esta região do Mundo Astral para ajudar os encarnados e desencarnados que precisam de ajuda. Bem, sobre o Umbral já há um texto que explica mais detalhes. É a conhecida "Região Negra" ou "Região Pesada/Densa".


2º- Mundo Astral Superior


Esta região é leve e muito clara, cheia de luz. Nela podemos encontrar os anjos da morte, encarregados do processo de desligamento. Nesta região também se encontram os tribunais divinos da justiça (encarregados de julgar o Karma e o Dharma).


Mundo Mental


1º- Mundo Mental Inferior


No mundo mental superior existem muitos templos negros onde encontramos os mais terríveis e perigosos "magos negros".

 2º- Mundo Mental Superior


No mundo mental superior há muitos templos brancos e iluminados que nos ajudam a ver as coisas de uma forma mais clara e perfeita. Os indostânicos chamavam esta região de "devachan".

  
* 6ª Dimensão - Sexta Dimensão


Não sei se já ouviram falar do Sol espiritual, mas é nesta dimensão que se encontram os primeiros mundos electrónicos (Sol espiritual). A eternidade é pequena dentro da sexta dimensão, o que quer dizer que esta dimensão está além da Eternidade. Aquela Essência que possuímos, que faz parte de nós e que nos forma no mais íntimo, mora na sexta dimensão. Só através da real meditação é que podemos chegar a Essência, pois só assim a libertamos do EGO. É fundamental encontrarmos e explorarmos a nossa Essência. Não deixe o EGO lhe pregar uma armadilha, medite.


A sexta dimensão se divide em dois mundos: o mundo causal e o mundo búdico. No mundo causal e búdico estão as almas dos seres humanos. É uma realidade que a maior parte da humanidade actual "não possui alma, nem espírito". Neste período cósmico e planetário nós temos que "fabricar as nossas almas e espíritos".



1º- Mundo Causal: é conhecido pelas religiões como o "céu". O corpo correspondente à este mundo é o corpo causal (falarei dele no texto sobre os corpos subtis), constituído pela vontade consciente (Homem autêntico). Alma dos seres humanos.

2º- Mundo Búdico: Este mundo corresponde ao corpo búdico e ao contrário do mundo causal, podemos encontrar nele a alma divina, aquela que descobrimos com a nossa Essência do Íntimo.


Depois de trabalhar e conhecer esta dimensão, nós estaremos preparados para passar à 7ª dimensão. Mas para chegar nela é preciso uma longa e dura caminhada (pode ser curta para alguns, depende da perseverança e "garra" do indivíduo).


* 7ª Dimensão - Sétima Dimensão


Quase todas as dimensões conhecidas já foram mencionadas, incluindo os seres que as habitam. Contudo ainda falta falar da última que a consciência humana conhece até agora, a sétima dimensão. Esta dimensão faz parte dos mundos electrónicos. Muitos a conhecem como a região/dimensão zero. Este nome talvez esteja relacionada com a realidade desta dimensão ser o fim delas e o começo das mesmas. É nela que mora o Pai (o Absoluto), sem forma, indescritível. O Absoluto é o mesmo, mas cada um o verá de uma forma. O nosso Íntimo que mencionei acima também se encontra nesta dimensão. É o último estágio. Nesta dimensão nós nos preparamos para a renovação espiritual. Chegamos na sétima dimensão através da total eliminação do EGO, mas só depois da aquisição da total consciência, da fabricação dos corpos solares, da alma, do espírito e da encarnação do nosso Íntimo. Por isso repito que temos um "longo" e "difícil" caminho e percorrer.


Não achem que estas são as únicas dimensões existentes. Existem muitas dimensões para além desta pois o infinito é eterno e o eterno é infinito. Entretanto, o Homem ainda não tem conhecimento destas outras dimensões. Estude, leia textos sobre o assunto e você verá o quão provável é a existência de infinitas dimensões ao longo da Realidade Cósmica e Planetária Absoluta.

do blog : Consciência Astral

quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

terça-feira, 10 de janeiro de 2012

segunda-feira, 9 de janeiro de 2012








seguindo e EXEMPLO DO BLOG AMIGO http://eterea-paz.blogspot.com/, VENHO COLOCAR NO MEU ESTA MENSAGEM MARAVILHOSA PARA O nosso MUNDO PLANETA TERRA!

afinal não ouvimos dizer que a Palavra e o Pensamento regem e  criam a nossa Vida??!!
aqui fica minha contribuição:




link:

http://imaginepeace.com/warisover











Tarot de OSHO clik

Se gosta de ERVAS e ESPECIARIAS CLIK

Se lhe interessa a NOVA ERA Clik

sábado, 28 de janeiro de 2012

Felicidade ??!!




Uma relação sem surpresas é

como torradas sem manteiga!!

é como fazer amor sem orgasmo

é como uma planta sem Sol

quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

Mo

ver-te, sorrir

sentir-te, sorrir

por dentro, e por fora

é essa a única razão da minha vida

e quando sinto dentro que ele te falta

mesmo que me tentes enganar

eu sinto isso, e não me podes esconder

a desilusão da vida que te fiz até ora proteger

mas que tu sentes, na pele

e que foi em vão o meu tapar

apenas, para te sentir

sempre, a sorrir

e te sentir, a amar,

a própria Vida

sem alguma dor...

Analuz


Viver, apenas ...




Viver

sem ter

sem provar o cálice da provação

sem ter sentido percorrer, meu corpo

o arrepio da paixão no meu ser

viver

e morrer, sem viver e amar, na plenitude

e ficar gravada em mim, na alma

a falta que sinto de um amar

de um querer, extremo, 

que, aqui, sei, que estou ora,

não posso viver

porque não existe

neste mundo, 

um amor assim ...

eu sei!!


Analuz

Amar??



será que esse amor que se prega ...

esse amor de sentir tua pele na minha

de viver tua vida, porque ela é a minha

de sentir o corpo, em corpo, como se fosse só um

acreditar

que poder amar

amar, renascer nele

amar loucamente

e acreditar, na alma

que exista esse amar

para sempre???


Dor



alguém aí fora

me sabe explicar

porque nos nosso mundo

prevalece a Dor??





Voar



a beleza da natureza

no voar mágico de um pássaro

me faz sentir pequena, na sua grandeza

Analuz

Uma brisa apenas



gravada em mim

no meu ser

a brisa da Vida ...


Analuz



Dama de Negro



Dama de Negro

como te sinto dentro

como me fazes sentir, EU

Dama de Negro

mostras que a dor te vai dentro

que a perda te mata

que a luta, no dia, dói

e na noite, marca a ferro

e as forças, vão faltando

por isso te vestes de negro

e mostras ao mundo 

a tua dor

na tua veste

apenas, porque, já nem forças tens

 e na tua alma já não há  nenhuma cor


Analuz














Mamy



e ao fechares os olhos

te fostes, de mim,

mas,  não deixei de te deixar

uma rosa escarlate junto a Ti

antes de te levarem de mim


Analuz






Não posso esqueçer



que faço de mim

como posso viver
se isto não passar
como vou esqueçer tudo aquilo que até aqui vivi

se tudo tem sinais no meu ser
não posso esqueçer

acordar
sem viver

adormeçer a chorar

e viver sem amar
e a dor de perder não passa jamais

perder em tudo até ora

que faço

eu não sei

tudo que tenho ao meu redor

estás marcado no meu ser

não posso esqueçer

o amor que nunca alcançei

e tudo o mais 

por mais que diga a mim

a vida não tem sentido

e a paixão perdida na Vida

a falta de forças
a falta de horizontes

e a marca, forte, de ter fracassado

fracassado em tudo

como vou esqueçer
se não posso esqueçer

tudo que relembro ao encostar a cabeça no travesseiro

que teima em me lembrar que tudo tem sinais

que vivo apenas para respirar

mais um dia

mais um momento

sei que não
não posso esqueçer

ao acordar

que viver, sem ter

não vale a pena

não vale mesmo a pena ....


Analuz







Dor na Alma


 
quem fica a sofrer, dói demais

Analuz

terça-feira, 17 de janeiro de 2012

A falta de um amor real no mundo é tão grande que a minha falta se torna pequena ...


vivo sem razão




vivo, sim, sem razão

não por saber aqueles que amo, e que me querem,

e que fazem continuar

mas creio, sinto, que vivo sem razão

pois na Vida ainda não encontrei o verdadeiro Amar

a verdadeira entrega, sem limites, imposições, apenas paixão

paixão de carne e alma

que o vento e a chuva que sentimos na pele nos fazem sentir

e o simples olhar o claro do céu nos faz vibrar

sem nada pedir, ou contrapor ...

que nos faz sentir alguém, apenas num olhar

num tocar de pele

num abraçar

não quero, não quero mais,

sentir mais uma vez

alguém que me faz sentir em falta, impotente, sem forças, 

que não compreende, ou sequer tenta, sequer, saber 

o porque do aquilo que sinto e faço

o que sinto, penso, continuamente, segundo a segundo

não encontrei em vida, até ora

um amor puro, carne a carne, alma de encontro à outra

que dê de tudo para me ver sorrrir

e que seja capaz de conquistar o mundo por mim

que não quisesse ver-me, jamais, chorar, por nada ...

e aqui, não, nunca senti

niguém me fez até ora ver o mundo dessa cor

nem sentir um sabor chamado verdadeiro amar

apenas, consegui, imposições,  cobranças, 

e questionamentos, apenas isso ...

não senti, até ora,

um amor, que me diga

minha, és minha

porque te quero, assim como és

porque és Tu, e eu te quero

pelo aquilo que és

e vivo por Ti, até que morra

porque és minha, e se és assim

eu te quero para mim

e perdi a esperança de algum dia

num olhar, quando acordar

alguém me entregar o seu

apenas, sem nada pedir, sem nada questionar

apenas, por me ter ao seu lado e me sentir respirar

amar por aquilo que realmente SOU

com a paixão da sua alma, na minha,

estou desistindo, de algum dia 

sentir o querer

de alguém que me queira

até que o sol nasça de novo

e a lua apareça no céu

mais uma vez

nesta minha vida a acabar




Analuz


quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

As Dimensões - Seus Habitantes e Características (SERÁ?)


* 1ª Dimensão - Primeira Dimensão
Na primeira dimensão encontramos seres unidimensionais que se comunicam através de sensações como o frio, o calor, os desgostos, as vontades, entre outros. Estes seres não tem consciência das outras dimensões e por isso não as percebem conscientemente. Não têm capacidades suficientes para formularem conceitos, nem lidarem com tais. Apesar de estarem na primeira dimensão, os seres unidimensionais possuem corpos perceptíveis na terceira dimensão que deixam um rasto conforme se movem. Atenção que este rasto pode ser tanto imaginário, como não imaginário (ainda pode ser os dois tipos de rastros ao mesmo tempo). Esta dimensão é relativa ao comprimento.

 Exemplos de seres da 1ª Dimensão: lesmas, minhocas e outros seres rastejantes.


* 2ª Dimensão - Segunda Dimensão


Já na segunda dimensão, os seres que a habitam são bidimensionais. Não se comunicam só pelas sensações, mas também pelos sentidos (os 5 sentidos). tal como os seres unidimensionais da primeira dimensão, os seres bidimensionais também não percebem as outras dimensões conscientemente. Mas espera aí! Você tem um gato em casa? Se você tem, fique sabendo que os gatos são os únicos seres bidimensionais que podem "perceber" as dimensões superiores. Continuam sem conseguir formular conceitos, mas tome em atenção que os seres desta dimensão possuem graus evolutivos muito diferentes. Tem os seres mais evoluídos que já entendem pequenos comandos sem haver uma conceituação sobre eles e seres que ainda são pouco evoluídos. tal como os seres unidimensionais, os seres desta dimensão também possuem corpos perceptíveis à terceira dimensão (3ª dimensão). A segunda dimensão é relativa à largura.

 Exemplos de seres da 2ª dimensão: gato, cão, girafa, leão, entre outros (com a excepção do ser humano).

* 3ª Dimensão - Terceira Dimensão

Esta dimensão é o nosso conhecido mundo tridimensional ou mundo físico. Nesta dimensão são as leis físicas da 3ª dimensão que regem todas as manifestações e relações dos seres com os pontos tridimensionais. Os seres que habitam a terceira dimensão são tridimensionais. Os seres tridimensionais não se comunicam só através dos 5 sentidos e das sensações, estes seres se comunicam também através de conceitos. Por exemplo: você está lendo este texto e está se comunicando comigo através de conceitos. Para estes seres perceberem as outras dimensões conscientemente, eles precisam despertar e dominar as suas consciências. Para despertar e dominar a consciência é preciso um trabalho árduo e perseverante. A terceira dimensão é relativa à altura.

Exemplos de seres da 3ª dimensão: seres humanos (encarnados, ou seja, que possuem corpos físicos).



* 4ª Dimensão - Quarta Dimensão


Esta dimensão é conhecida pela ciência como a 4ª coordenada ou hiperespaço. É relativa ao tempo. Alguns chamam a quarta dimensão de mundo etérico (éter, o quinto elemento da Natureza - os outros elementos são água, terra, fogo e ar). Há religiões que a reconhecem como "O Paraíso". É habitada por seres quadridimensionais. Contudo, nesta dimensão existe uma diferente relativamente às dimensões anteriormente mencionadas: a quarta dimensão está dividida em duas zonas.

A quarta dimensão se divide em duas zonas ou regiões:


1ª - A região/zona inferior: é uma região habitada por "magos negros", por "zangões" e outros elementos de baixa vibração, ou seja, elementos negativos.


 2ª - A região/zona superior: é uma região habitada por elementos inteligentes e bons que não prejudicam ninguém e que cultivam sentimentos nobres. Esta região é habitada por elementais da Natureza. Os elementais da Natureza como já mencionei são os gnomos, fadas, devas, salamandras, duendes, entre outros tantos.



* 5ª Dimensão - Quinta Dimensão


Bem, a quinta dimensão é relativa à Eternidade. É nesta dimensão onde podemos investigar/descobrir coisas do passado e do futuro usando o nosso corpo astral e o nosso corpo mental. Quando fazemos uma regressão, acabamos por aceder a quinta dimensão, seja através do corpo mental ou astral. Podemos encontrar nesta dimensão os registos akáshicos (akasha) que guarda os débitos e créditos individuais. Através destes registos, nós podemos saber o exacto momento da nossa próxima morte física, bem como saber como foi a nossa última morte física. É uma óptima oportunidade de ultrapassarmos traumas e de descobrir erros e acertos. O nosso EGO não ultrapassa essa dimensão. Agora, tome o cuidado de praticar com frequência o desdobramento astral (projecção astral) consciente, pois caso você não pratique, você se torna sensível às armadilhas do EGO, que cria formas belas e perfeitas para continuar manipulando a nossa vontade através dos nossos eu's. Se não tivermos consciência nesta dimensão (nos projectarmos conscientemente) estamos sujeitos aos ataques dos "magos negros" e seus terríveis poderes.


 Esta dimensão está além do tempo, é o eterno agora. Por alguns é chamada de mundo molecular.

Mas a quinta dimensão não é só isso, ela está dividida em dois mundos (o astral e o mental) que se subdividem em inferior e superior.

Mundo Astral


1º- Mundo Astral Inferior


Esta região é conhecida por limbo e também por Umbral, pois podemos encontrar nela os encarnados e desencarnados. Quando nos projectamos no astral, costumamos ser levados para esta região do Mundo Astral para ajudar os encarnados e desencarnados que precisam de ajuda. Bem, sobre o Umbral já há um texto que explica mais detalhes. É a conhecida "Região Negra" ou "Região Pesada/Densa".


2º- Mundo Astral Superior


Esta região é leve e muito clara, cheia de luz. Nela podemos encontrar os anjos da morte, encarregados do processo de desligamento. Nesta região também se encontram os tribunais divinos da justiça (encarregados de julgar o Karma e o Dharma).


Mundo Mental


1º- Mundo Mental Inferior


No mundo mental superior existem muitos templos negros onde encontramos os mais terríveis e perigosos "magos negros".

 2º- Mundo Mental Superior


No mundo mental superior há muitos templos brancos e iluminados que nos ajudam a ver as coisas de uma forma mais clara e perfeita. Os indostânicos chamavam esta região de "devachan".

  
* 6ª Dimensão - Sexta Dimensão


Não sei se já ouviram falar do Sol espiritual, mas é nesta dimensão que se encontram os primeiros mundos electrónicos (Sol espiritual). A eternidade é pequena dentro da sexta dimensão, o que quer dizer que esta dimensão está além da Eternidade. Aquela Essência que possuímos, que faz parte de nós e que nos forma no mais íntimo, mora na sexta dimensão. Só através da real meditação é que podemos chegar a Essência, pois só assim a libertamos do EGO. É fundamental encontrarmos e explorarmos a nossa Essência. Não deixe o EGO lhe pregar uma armadilha, medite.


A sexta dimensão se divide em dois mundos: o mundo causal e o mundo búdico. No mundo causal e búdico estão as almas dos seres humanos. É uma realidade que a maior parte da humanidade actual "não possui alma, nem espírito". Neste período cósmico e planetário nós temos que "fabricar as nossas almas e espíritos".



1º- Mundo Causal: é conhecido pelas religiões como o "céu". O corpo correspondente à este mundo é o corpo causal (falarei dele no texto sobre os corpos subtis), constituído pela vontade consciente (Homem autêntico). Alma dos seres humanos.

2º- Mundo Búdico: Este mundo corresponde ao corpo búdico e ao contrário do mundo causal, podemos encontrar nele a alma divina, aquela que descobrimos com a nossa Essência do Íntimo.


Depois de trabalhar e conhecer esta dimensão, nós estaremos preparados para passar à 7ª dimensão. Mas para chegar nela é preciso uma longa e dura caminhada (pode ser curta para alguns, depende da perseverança e "garra" do indivíduo).


* 7ª Dimensão - Sétima Dimensão


Quase todas as dimensões conhecidas já foram mencionadas, incluindo os seres que as habitam. Contudo ainda falta falar da última que a consciência humana conhece até agora, a sétima dimensão. Esta dimensão faz parte dos mundos electrónicos. Muitos a conhecem como a região/dimensão zero. Este nome talvez esteja relacionada com a realidade desta dimensão ser o fim delas e o começo das mesmas. É nela que mora o Pai (o Absoluto), sem forma, indescritível. O Absoluto é o mesmo, mas cada um o verá de uma forma. O nosso Íntimo que mencionei acima também se encontra nesta dimensão. É o último estágio. Nesta dimensão nós nos preparamos para a renovação espiritual. Chegamos na sétima dimensão através da total eliminação do EGO, mas só depois da aquisição da total consciência, da fabricação dos corpos solares, da alma, do espírito e da encarnação do nosso Íntimo. Por isso repito que temos um "longo" e "difícil" caminho e percorrer.


Não achem que estas são as únicas dimensões existentes. Existem muitas dimensões para além desta pois o infinito é eterno e o eterno é infinito. Entretanto, o Homem ainda não tem conhecimento destas outras dimensões. Estude, leia textos sobre o assunto e você verá o quão provável é a existência de infinitas dimensões ao longo da Realidade Cósmica e Planetária Absoluta.

do blog : Consciência Astral

segunda-feira, 9 de janeiro de 2012








seguindo e EXEMPLO DO BLOG AMIGO http://eterea-paz.blogspot.com/, VENHO COLOCAR NO MEU ESTA MENSAGEM MARAVILHOSA PARA O nosso MUNDO PLANETA TERRA!

afinal não ouvimos dizer que a Palavra e o Pensamento regem e  criam a nossa Vida??!!
aqui fica minha contribuição:




link:

http://imaginepeace.com/warisover











Caclule seu bioritmo - CLICK

TAROT DA CRUZ - Clik P/JOGAR

DIVULGANDO O LIVRO DE MARIA ALICE CERQUEIRA

Livro: "DOIS JOVENS EM BUSCA DA FELICIDADE " de uma amiga visite seu blog- clique na imagem

Livros grátis para download - todos os géneros

Blog Ebooks Grátis

Reflexão surpresa - clik

Reflexão surpresa - clik
de: SIMONE: Auto-ajuda

Acenda a sua vela

Acenda a sua vela
clik na imagem: