quarta-feira, 4 de maio de 2011

Como contactar e trabalhar com o nosso Espirito Guia

Espiritos Guias

________________________________________


Sozinho/nha em casa ou num outro lado muito sossegado, sente-se de maneira confortável. Pode acender uma vela se quiser. A luz da vela é uma luz de paz e de harmonia.
Respire tranquilamente pelas narinas até sentir que está completamente relachado/da – os ombros, a nuca, a maxilar – não ha tensão nenhuma. Uma vez nesse estado de paz e de tranquilidade pode então comecar o ritual.
Em voz alta diga:
  • Atravéz do plano divino venho a ti meu Espirito Guia.
  • Tu que vens a mim na Luz e no Amor.
  • Tu que detens o meu plano de vida.
  • Tu que estás comigo em processo de evolução.
  • Tu meu irmão/irmã de Luz.
  • Tu o Espirito branco.
  • Qual é o teu nome? Como te chamas? Que nome queres tu que eu use?
Faça uma pausa na sua mente. Um nome vai-lhe aparecer. Pode ser um nome esquisito ou um nome muito cumum, seja qual for, o primeiro que aparecer pegue nele sem questão. Depois em voz alta continue:
“____________________ (prenuncie o nome que recebeu), eu sei que muito provavelmente este não e o teu verdadeiro nome, como acho que não seria capaz de prenunciar o teu verdadeiro nome. No entanto, quando eu chamar este nome eu quero que tu me respondas. Quero trabalhar contigo assim como quero que tu trabalhes comigo, para que possa-mos evoluir cada um ao nosso nivel.
Quero que saibas que te amo.”


Nota importante: Se por acaso não receber nenhum nome, então escreva em quatro pequenas folhas 4 nomes diferentes (masculinos ou femeninos). Depois ponha-os num saco e diga em voz alta: “Olha, vou por a mão no saco e assim tirar um nome. O nome que sair sera o nome que eu vou utilizar para falar contigo…”
Faça sempre atenção ao que pede e como pede. Tem de ser concreto, sincero e responsavél, todos os nossos pedidos…
Com Amor e Luz …
Antonio
________________________________________________
Existem momentos na nossa vida que nos sentimos sozinhos e desesperados… Mas será que estamos realmente sozinhos?

O Que é Um Espírito Guia?

De acordo com a doutrina teosófica, os Espíritos Guias são seres que já viveram múltiplas vidas, pagaram todas as dívidas Kármicas e ultrapassaram a necessidade de encarnar de maneira kármica na terra.

A aparência
Muitos dos psíquicos conhecidos, deram uma descrição do seu Espírito Guia em público. Entre outros, Helena Blavatsky diz ser aconselhada pelos “Mahatmas”, personalidades desencarnadas da Índia e especialmente do Tibete. Alice Bailey também diz ter contactado um Espírito professor ao qual ela chama “O Tibetano.”

Espiritualistas Americanos do século 19 e 20 descrevem os seus Guias como Nativos Americanos (Índios). Um Espírito Guia bastante popular conhecido por muitos espiritualistas Anglo-Americanos chama-se White Hawk (Falcão Branco).

Sylvia Browne diz ter um Guia com aparência Indu, com o cabelo entrançado e vestes largas. O Espírito Guia da Sylvia chama-se “Francine”. Francine diz ter um amigo muito perto dela que se chama “Rahime”, outro Espírito Guia com aparência do médio-oriente e tem à volta da cabeça um turbante.

Derek Acorah, um médium Britânico refere-se ao seu Guia pelo nome Sam. Sam e Etiopiano e viveu mais ou menos à 2000 anos uma grande amizade com Acorah.

Eu, António Santos, refiro-me ao meu Guia pelo nome de Rubert, nome que recebi no princípio dos anos 90. Em 1995 decidi (escolhi) assinar um importante contrato com ele, declarando as minhas intenções e os meus desejos a partir daquele momento. Foi nessa altura que o vi – ele apareceu-me – nos meus sonhos. Foi algo de extraordinário, (nunca mais poderei esquecer o homem que vi) encontrava-me, no que era a antiga praça do peixe das Caldas da Rainha. Porquê esse lugar?… não sei, talvez porque foi ali que fui à escola primária. Ele estava na calçada que era a praça. Era ao fim da tarde e já não havia peixeiras a vender. À volta dele estava muita gente que o solicitava, creio que era simplesmente para lhe tocar. Ele olhou para mim. Eu estava completamente fora do grupo que se encontrava à sua volta. Havia ali uma escola primária e era nesse passeio, longe dele, que eu me encontrava. Era de facto um belo homem, vestido com uma camisa, jeans e muito bem arranjado. A aparência física que eu vi, nunca mais a poderei esquecer. Mas o que é curioso é que em 1998, quando se realizou o campeonato mundial de futebol – futebol, algo que não seguia e não me importava nada desde 1976, não conhecia absolutamente nenhum jogador de futebol, nem português nem estrangeiro – vi o Luis Figo. Quando eu vi na televisão aquele homem, foi como se o meu mundo tivesse feito pausa. O meu guia Rubert, que tinha visto nos meus sonhos, estava ali na televisão… e o que é engraçado é que eu tinha visitado um médium que me tinha dito que o meu guia ia aparecer nos meus sonhos. Porquê parecido com o Luis Figo? Não tenho a mínima ideia! Neste momento a única coisa que tenho como informação é que o Luis Figo é um 7 de destino como eu e tinha um 7 na camisola. Estou a escrever estas palavras com um sorriso. Talvez um dia eu saiba….

Sem comentários:

Tarot de OSHO clik

Se gosta de ERVAS e ESPECIARIAS CLIK

Se lhe interessa a NOVA ERA Clik

quarta-feira, 4 de maio de 2011

Como contactar e trabalhar com o nosso Espirito Guia

Espiritos Guias

________________________________________


Sozinho/nha em casa ou num outro lado muito sossegado, sente-se de maneira confortável. Pode acender uma vela se quiser. A luz da vela é uma luz de paz e de harmonia.
Respire tranquilamente pelas narinas até sentir que está completamente relachado/da – os ombros, a nuca, a maxilar – não ha tensão nenhuma. Uma vez nesse estado de paz e de tranquilidade pode então comecar o ritual.
Em voz alta diga:
  • Atravéz do plano divino venho a ti meu Espirito Guia.
  • Tu que vens a mim na Luz e no Amor.
  • Tu que detens o meu plano de vida.
  • Tu que estás comigo em processo de evolução.
  • Tu meu irmão/irmã de Luz.
  • Tu o Espirito branco.
  • Qual é o teu nome? Como te chamas? Que nome queres tu que eu use?
Faça uma pausa na sua mente. Um nome vai-lhe aparecer. Pode ser um nome esquisito ou um nome muito cumum, seja qual for, o primeiro que aparecer pegue nele sem questão. Depois em voz alta continue:
“____________________ (prenuncie o nome que recebeu), eu sei que muito provavelmente este não e o teu verdadeiro nome, como acho que não seria capaz de prenunciar o teu verdadeiro nome. No entanto, quando eu chamar este nome eu quero que tu me respondas. Quero trabalhar contigo assim como quero que tu trabalhes comigo, para que possa-mos evoluir cada um ao nosso nivel.
Quero que saibas que te amo.”


Nota importante: Se por acaso não receber nenhum nome, então escreva em quatro pequenas folhas 4 nomes diferentes (masculinos ou femeninos). Depois ponha-os num saco e diga em voz alta: “Olha, vou por a mão no saco e assim tirar um nome. O nome que sair sera o nome que eu vou utilizar para falar contigo…”
Faça sempre atenção ao que pede e como pede. Tem de ser concreto, sincero e responsavél, todos os nossos pedidos…
Com Amor e Luz …
Antonio
________________________________________________
Existem momentos na nossa vida que nos sentimos sozinhos e desesperados… Mas será que estamos realmente sozinhos?

O Que é Um Espírito Guia?

De acordo com a doutrina teosófica, os Espíritos Guias são seres que já viveram múltiplas vidas, pagaram todas as dívidas Kármicas e ultrapassaram a necessidade de encarnar de maneira kármica na terra.

A aparência
Muitos dos psíquicos conhecidos, deram uma descrição do seu Espírito Guia em público. Entre outros, Helena Blavatsky diz ser aconselhada pelos “Mahatmas”, personalidades desencarnadas da Índia e especialmente do Tibete. Alice Bailey também diz ter contactado um Espírito professor ao qual ela chama “O Tibetano.”

Espiritualistas Americanos do século 19 e 20 descrevem os seus Guias como Nativos Americanos (Índios). Um Espírito Guia bastante popular conhecido por muitos espiritualistas Anglo-Americanos chama-se White Hawk (Falcão Branco).

Sylvia Browne diz ter um Guia com aparência Indu, com o cabelo entrançado e vestes largas. O Espírito Guia da Sylvia chama-se “Francine”. Francine diz ter um amigo muito perto dela que se chama “Rahime”, outro Espírito Guia com aparência do médio-oriente e tem à volta da cabeça um turbante.

Derek Acorah, um médium Britânico refere-se ao seu Guia pelo nome Sam. Sam e Etiopiano e viveu mais ou menos à 2000 anos uma grande amizade com Acorah.

Eu, António Santos, refiro-me ao meu Guia pelo nome de Rubert, nome que recebi no princípio dos anos 90. Em 1995 decidi (escolhi) assinar um importante contrato com ele, declarando as minhas intenções e os meus desejos a partir daquele momento. Foi nessa altura que o vi – ele apareceu-me – nos meus sonhos. Foi algo de extraordinário, (nunca mais poderei esquecer o homem que vi) encontrava-me, no que era a antiga praça do peixe das Caldas da Rainha. Porquê esse lugar?… não sei, talvez porque foi ali que fui à escola primária. Ele estava na calçada que era a praça. Era ao fim da tarde e já não havia peixeiras a vender. À volta dele estava muita gente que o solicitava, creio que era simplesmente para lhe tocar. Ele olhou para mim. Eu estava completamente fora do grupo que se encontrava à sua volta. Havia ali uma escola primária e era nesse passeio, longe dele, que eu me encontrava. Era de facto um belo homem, vestido com uma camisa, jeans e muito bem arranjado. A aparência física que eu vi, nunca mais a poderei esquecer. Mas o que é curioso é que em 1998, quando se realizou o campeonato mundial de futebol – futebol, algo que não seguia e não me importava nada desde 1976, não conhecia absolutamente nenhum jogador de futebol, nem português nem estrangeiro – vi o Luis Figo. Quando eu vi na televisão aquele homem, foi como se o meu mundo tivesse feito pausa. O meu guia Rubert, que tinha visto nos meus sonhos, estava ali na televisão… e o que é engraçado é que eu tinha visitado um médium que me tinha dito que o meu guia ia aparecer nos meus sonhos. Porquê parecido com o Luis Figo? Não tenho a mínima ideia! Neste momento a única coisa que tenho como informação é que o Luis Figo é um 7 de destino como eu e tinha um 7 na camisola. Estou a escrever estas palavras com um sorriso. Talvez um dia eu saiba….

Sem comentários:

Caclule seu bioritmo - CLICK

TAROT DA CRUZ - Clik P/JOGAR

DIVULGANDO O LIVRO DE MARIA ALICE CERQUEIRA

Livro: "DOIS JOVENS EM BUSCA DA FELICIDADE " de uma amiga visite seu blog- clique na imagem

Livros grátis para download - todos os géneros

Blog Ebooks Grátis

Reflexão surpresa - clik

Reflexão surpresa - clik
de: SIMONE: Auto-ajuda

Acenda a sua vela

Acenda a sua vela
clik na imagem: