sexta-feira, 5 de novembro de 2010

INCENSOS perfumes mágicos

     Flores, ervas, frutas, madeiras e raízes se misturam para provocar os mais exóticos perfumes.
  Gestos tranqüilos, coração calmo, mente vazia.
Acender um incenso é um convite ao relaxamento, uma pausa bem-vinda à agitação da vida. Além de perfumar, exóticas misturas ajudam a purificar e harmonizar ambientes.
  Bons incensos, de fórmulas e ingredientes elaborados, são capazes de alterar a energia de um ambiente. De acordo com a tradição indiana, eles atuam no éter, o mais sutil dos elementos. 
  Uma boa maneira de saber se um incenso tem qualidade é observar se a energia do ambiente se modifica após o acendimento.
  Na Índia, o ritual dos incensos obedece a duas etapas. Em primeiro lugar são acesos incensos ou resinas de purificação, como cânfora e olíbano. Só depois são escolhidos exemplares específicos para cada caso: atrair prosperidade, ativar o amor ou promover a saúde.
Fórmulas mágicas
  Berço da arte de fazer incensos, a Índia conta com milhares de fábricas artesanais chefiadas por famílias que há gerações se dedicam a esse negócio. Prateleiras de alto a baixo guardam os mais preciosos perfumes, óleos aromáticos e incensos. Rosas, mel, canela, laranja, madeiras e ervas se misturam em fórmulas mágicas e provocam cheiros marcantes, sensuais. Cada receita é guardada como um tesouro; os óleos que banham cada incenso, sua proporção e a origem são segredos centenários transmitidos de geração a geração.
  Com os incensos mais elaborados vindos da Índia, aportaram no Brasil exemplares de várias partes do mundo. Varetinhas verdes com perfume de Sândalo do Japão, resinas vindas da Grécia, usadas em turíbulos de prata nas missas dos cristãos ortodoxos, folhas de sálvia utilizadas nos rituais dos índios americanos, longas varetas de ervas do tibete ou perfumados incensos franceses.
Por Adriana Alves.    
                                                                           
  O incenso tem a incumbência de levar a prece para o céu e seu uso é universal, associando o homem à divindade, o finito ao infinito, o mortal ao imortal. Relacionado com o elemento ar, representa a percepção da consciência que está presente em toda parte. Os diferentes perfumes desempenham um papel de purificação, facilitando inclusive, a aproximação do nosso anjo guardião.
  Quando queimamos um incenso, modificamos nosso estado emocional e as vibrações do ambiente. Alguns aromas despertam-nos a força interna, agindo como estimulantes, podendo nos tirar de um estado de desânimo e cansaço; outros, facilitam o estudo ou despertam a inspiração; e muitos, auxiliam na meditação. Durante a queima, são liberadas substâncias provenientes do amálgama alquímico, com a propriedade de dissolver os miasmas negativos, assim como promover a sintonia com o astral.
  É muito agradável às pessoas evoluídas, e, ao contrário, pode aborrecer aqueles que não estão na mesma sintonia. Contribui decisivamente para o recolhimento devocional e o estudo. Reforça a tonicidade áurica, ajudando na obtenção da paz, sentimento de amor e prosperidade.
  Os incensos são necessários na maioria dos rituais e são utilizados desde culturas muito antigas, do Egito à Atenas, Europa e Índia, e considerados purificadores e condensadores energéticos.
  Eis uma tabela simples de alguns incensos de acordo com os seus atributos:
Acalmar o ambiente: Alfazema, jasmim e flor de maçã.
Adivinhação: Louro, cinco-em-rama, margarida, murta e laranja.
Alegria e paz: Jasmim, lavanda e alecrim.
Amor:  Canela, gengibre, lavanda, manjerona, margarida, sementes de mostarda, verbena, vetiver, rosa, mandrágora, almíscar, jasmim, maçã, lótus, ópio e sândalo.
Atrair os encantados: Pinho, eucalipto e maçã.
Banir negatividade: Sálvia, cedro, cravo, hissopo, verbena, vetiver, artemísia, gengibre e pimenta.
Bênçãos: Camomila, flor de sabugueiro, menta, alecrim e verbena.
Coragem: Alecrim.
Criatividade: Verbena.
Dificuldades nos estudos: Jasmim, rosa, alfazema e lótus.
Dinheiro: Basílico, bergamota, camomila, cravo, menta, vetiver e noz-moscada.
Energia, poder e força: Cinco-em-rama, flor de sabugueiro, erva-de-são-joão e verbena.
Energizar sua casa: Cravo, canela e eucalipto.
Equilíbrio: Basílico, camomila e confrei.
Espiritualidade: Mirra, violeta e rosa.
Fortuna e justiça: Louro, bergamota, cinco-em-rama, limão, anis e violeta.
Meditação: Acácia, camomila, mirra, violeta e rosa.
Poderes psíquicos: Louro, betônica, canela, sabugueiro, lavanda e anis.
Prosperidade: Cravo e canela.
Proteção e defesa: Betônica, bétula, manjerona, menta, musgo, mostarda, alecrim, sálvia, verbena e pinheiro branco.
Purificação e limpeza: Benjoim, cravo, hissopo, lavanda, alecrim, verbena, sálvia, cedro, arruda e eucalipto.
Saúde: Cinco-em-rama, confrei, açafrão, lavanda, coriandro, limão, mostarda, alecrim e sálvia.
  Como aproveitar integralmente o bastão de incenso: 

  *Antes de acendê-lo: Exponha-o uma hora no seu ambiente doméstico ou de trabalho.


  *Após a queima: As substâncias que permaneceram nas cinzas dinamizadas pelo fogo, podem ser colocadas na palma da mão e assopradas ao vento. 
 
  Componentes do incenso:

 *Carvão: Absorvente universal, capta as baixas vibrações do ambiente para que seja neutralizada pelo sal grosso e incinerados a seguir.

 *Sal grosso: Atua como esterilizador de emissões maléficas do sentimento humano.
  Aromas e os efeitos obtidos do incenso:

Alecrim: Calmante e purificação

Alfazema: Calmante, bom para quem estuda e usado para meditação.

Almíscar: Amor, sensualidade e atração.

Amor-perfeito: Amor, eliminação das cargas negativas e purificação.

Angélica: Espiritualidade.

Arruda: Purificação.

Bálsamo: Amor, elevação das vibrações e eliminação das cargas negativas.

Camomila: Purificação.

Canela: Estimulante, purificação e atrai os seres angélicos.

Canforado: Purificação.

Cedro: Estimulante, força psíquica e purificação.

Cravo da Índia: Limpeza da casa.

Cravo: Estimulante, sensualidade e atração.

Eucalipto: Atrai os elementais da natureza e purificação.

Flor-de -maçã: Calmante.

Flor-do-campo: Amor e saúde.

Jasmim: Amor, calmante, elevação das vibrações, eliminação das energias negativas, espiritualidade e bom para quem estuda.

Lótus: Usado para meditação.

Maçã: Amor, atrai os elementais da natureza e calmante.

Mirra: Espiritualidade, purificação e usado para meditação.

Ópium: Sensualidade e atração.

Orquídea azul: Tranqüilidade.

Patchouli: Sensualidade e atração.

Pinho: Atrai os elementais da natureza.

Rosas: Amor, elevação das vibrações e eliminação das cargas negativas, espiritualidade, purificação, estudos e usado para meditação.

Sândalo: Sensualidade e atração.

Verbena: Usado para meditação.


Violeta: Elevação espiritual.
 
Por Monica Buonfiglio

Sem comentários:

Tarot de OSHO clik

Se gosta de ERVAS e ESPECIARIAS CLIK

Se lhe interessa a NOVA ERA Clik

sexta-feira, 5 de novembro de 2010

INCENSOS perfumes mágicos

     Flores, ervas, frutas, madeiras e raízes se misturam para provocar os mais exóticos perfumes.
  Gestos tranqüilos, coração calmo, mente vazia.
Acender um incenso é um convite ao relaxamento, uma pausa bem-vinda à agitação da vida. Além de perfumar, exóticas misturas ajudam a purificar e harmonizar ambientes.
  Bons incensos, de fórmulas e ingredientes elaborados, são capazes de alterar a energia de um ambiente. De acordo com a tradição indiana, eles atuam no éter, o mais sutil dos elementos. 
  Uma boa maneira de saber se um incenso tem qualidade é observar se a energia do ambiente se modifica após o acendimento.
  Na Índia, o ritual dos incensos obedece a duas etapas. Em primeiro lugar são acesos incensos ou resinas de purificação, como cânfora e olíbano. Só depois são escolhidos exemplares específicos para cada caso: atrair prosperidade, ativar o amor ou promover a saúde.
Fórmulas mágicas
  Berço da arte de fazer incensos, a Índia conta com milhares de fábricas artesanais chefiadas por famílias que há gerações se dedicam a esse negócio. Prateleiras de alto a baixo guardam os mais preciosos perfumes, óleos aromáticos e incensos. Rosas, mel, canela, laranja, madeiras e ervas se misturam em fórmulas mágicas e provocam cheiros marcantes, sensuais. Cada receita é guardada como um tesouro; os óleos que banham cada incenso, sua proporção e a origem são segredos centenários transmitidos de geração a geração.
  Com os incensos mais elaborados vindos da Índia, aportaram no Brasil exemplares de várias partes do mundo. Varetinhas verdes com perfume de Sândalo do Japão, resinas vindas da Grécia, usadas em turíbulos de prata nas missas dos cristãos ortodoxos, folhas de sálvia utilizadas nos rituais dos índios americanos, longas varetas de ervas do tibete ou perfumados incensos franceses.
Por Adriana Alves.    
                                                                           
  O incenso tem a incumbência de levar a prece para o céu e seu uso é universal, associando o homem à divindade, o finito ao infinito, o mortal ao imortal. Relacionado com o elemento ar, representa a percepção da consciência que está presente em toda parte. Os diferentes perfumes desempenham um papel de purificação, facilitando inclusive, a aproximação do nosso anjo guardião.
  Quando queimamos um incenso, modificamos nosso estado emocional e as vibrações do ambiente. Alguns aromas despertam-nos a força interna, agindo como estimulantes, podendo nos tirar de um estado de desânimo e cansaço; outros, facilitam o estudo ou despertam a inspiração; e muitos, auxiliam na meditação. Durante a queima, são liberadas substâncias provenientes do amálgama alquímico, com a propriedade de dissolver os miasmas negativos, assim como promover a sintonia com o astral.
  É muito agradável às pessoas evoluídas, e, ao contrário, pode aborrecer aqueles que não estão na mesma sintonia. Contribui decisivamente para o recolhimento devocional e o estudo. Reforça a tonicidade áurica, ajudando na obtenção da paz, sentimento de amor e prosperidade.
  Os incensos são necessários na maioria dos rituais e são utilizados desde culturas muito antigas, do Egito à Atenas, Europa e Índia, e considerados purificadores e condensadores energéticos.
  Eis uma tabela simples de alguns incensos de acordo com os seus atributos:
Acalmar o ambiente: Alfazema, jasmim e flor de maçã.
Adivinhação: Louro, cinco-em-rama, margarida, murta e laranja.
Alegria e paz: Jasmim, lavanda e alecrim.
Amor:  Canela, gengibre, lavanda, manjerona, margarida, sementes de mostarda, verbena, vetiver, rosa, mandrágora, almíscar, jasmim, maçã, lótus, ópio e sândalo.
Atrair os encantados: Pinho, eucalipto e maçã.
Banir negatividade: Sálvia, cedro, cravo, hissopo, verbena, vetiver, artemísia, gengibre e pimenta.
Bênçãos: Camomila, flor de sabugueiro, menta, alecrim e verbena.
Coragem: Alecrim.
Criatividade: Verbena.
Dificuldades nos estudos: Jasmim, rosa, alfazema e lótus.
Dinheiro: Basílico, bergamota, camomila, cravo, menta, vetiver e noz-moscada.
Energia, poder e força: Cinco-em-rama, flor de sabugueiro, erva-de-são-joão e verbena.
Energizar sua casa: Cravo, canela e eucalipto.
Equilíbrio: Basílico, camomila e confrei.
Espiritualidade: Mirra, violeta e rosa.
Fortuna e justiça: Louro, bergamota, cinco-em-rama, limão, anis e violeta.
Meditação: Acácia, camomila, mirra, violeta e rosa.
Poderes psíquicos: Louro, betônica, canela, sabugueiro, lavanda e anis.
Prosperidade: Cravo e canela.
Proteção e defesa: Betônica, bétula, manjerona, menta, musgo, mostarda, alecrim, sálvia, verbena e pinheiro branco.
Purificação e limpeza: Benjoim, cravo, hissopo, lavanda, alecrim, verbena, sálvia, cedro, arruda e eucalipto.
Saúde: Cinco-em-rama, confrei, açafrão, lavanda, coriandro, limão, mostarda, alecrim e sálvia.
  Como aproveitar integralmente o bastão de incenso: 

  *Antes de acendê-lo: Exponha-o uma hora no seu ambiente doméstico ou de trabalho.


  *Após a queima: As substâncias que permaneceram nas cinzas dinamizadas pelo fogo, podem ser colocadas na palma da mão e assopradas ao vento. 
 
  Componentes do incenso:

 *Carvão: Absorvente universal, capta as baixas vibrações do ambiente para que seja neutralizada pelo sal grosso e incinerados a seguir.

 *Sal grosso: Atua como esterilizador de emissões maléficas do sentimento humano.
  Aromas e os efeitos obtidos do incenso:

Alecrim: Calmante e purificação

Alfazema: Calmante, bom para quem estuda e usado para meditação.

Almíscar: Amor, sensualidade e atração.

Amor-perfeito: Amor, eliminação das cargas negativas e purificação.

Angélica: Espiritualidade.

Arruda: Purificação.

Bálsamo: Amor, elevação das vibrações e eliminação das cargas negativas.

Camomila: Purificação.

Canela: Estimulante, purificação e atrai os seres angélicos.

Canforado: Purificação.

Cedro: Estimulante, força psíquica e purificação.

Cravo da Índia: Limpeza da casa.

Cravo: Estimulante, sensualidade e atração.

Eucalipto: Atrai os elementais da natureza e purificação.

Flor-de -maçã: Calmante.

Flor-do-campo: Amor e saúde.

Jasmim: Amor, calmante, elevação das vibrações, eliminação das energias negativas, espiritualidade e bom para quem estuda.

Lótus: Usado para meditação.

Maçã: Amor, atrai os elementais da natureza e calmante.

Mirra: Espiritualidade, purificação e usado para meditação.

Ópium: Sensualidade e atração.

Orquídea azul: Tranqüilidade.

Patchouli: Sensualidade e atração.

Pinho: Atrai os elementais da natureza.

Rosas: Amor, elevação das vibrações e eliminação das cargas negativas, espiritualidade, purificação, estudos e usado para meditação.

Sândalo: Sensualidade e atração.

Verbena: Usado para meditação.


Violeta: Elevação espiritual.
 
Por Monica Buonfiglio

Sem comentários:

Caclule seu bioritmo - CLICK

TAROT DA CRUZ - Clik P/JOGAR

DIVULGANDO O LIVRO DE MARIA ALICE CERQUEIRA

Livro: "DOIS JOVENS EM BUSCA DA FELICIDADE " de uma amiga visite seu blog- clique na imagem

Livros grátis para download - todos os géneros

Blog Ebooks Grátis

Reflexão surpresa - clik

Reflexão surpresa - clik
de: SIMONE: Auto-ajuda

Acenda a sua vela

Acenda a sua vela
clik na imagem: