sábado, 20 de março de 2010

Consciência:







      Expansão ou Colapso 
"
"Omundo está maluco"; "Estou passando por uma situação muito difícil"; "Estou perdido, não sei o que fazer"; "Estou vivendo muitas mudanças";  "Meu dinheiro está acabando e não sei como recuperar"; "As pessoas estão muito agressivas";  "Ninguém mais respeita ninguém"; "Já não tenho certeza de como  agir"; "Tenho muito medo quando saio de casa"; "Não sei o que meu filho anda fazendo, ele está diferente, estou assustada"; "Não durmo enquanto meus filhos não chegam"; "Quero fugir desta cidade, sorte de quem consegue"; "Daqui uns anos eu vou embora"; "Será que essa crise não vai passar nunca?.."
 

        Estas são algumas das muitas frases que escutamos diariamente.  As pessoas percebem que estão ocorrendo mudanças e esta nova realidade os está assustando.
        Mas, qual é essa realidade?
        Com a proximidade da chegada do próximo milênio, todas as ordens religiosa/esotéricas falam em uma eminente alteração da consciência humana.
        Cria-se e propaga-se milhões de teorias apocalípticas caso não haja esta alteração e explicam quais serão as suas conseqüências.


         As pessoas indagam, caso o pior aconteça, se irão sobreviver de uma maneira ou de outra.  Nesta necessidade de continuar a existir,  pergunta se, pelo menos,  há vida após a morte.
     
         Vamos inverter esta pergunta para tentar respondê-la: 
                      Há vida antes da morte?

Vou propor a você uma brincadeira: Imagine um lugar onde tenha o costume de ficar só e aproveite para observar onde realiza o encontro consigo próprio.
 
     Porém, desta vez,  terá companhia: Olhe para a porta de entrada,  ela se abre e adentra seu mundo particular, com suas vestes negras e sua foice, a imagem da própria morte...      Ela penetra seu olhar seriamente e diz que  vai dar a você, a partir deste exato momento, setenta e duas horas. 

Ao final delas, com pontualidade,  virá lhe buscar.

    Neste acordo existe uma condição: ninguém poderá saber dele, caso contrário ela, num minuto, levará você....   Agora, com sinceridade, analise a reação que você acha que terá.
                                        
 
Pense nas várias opções possíveis:
 

- Revoltar-se contra o destino certo, sair de prumo, desesperar-se e passar o resto de seu tempo chorando e perguntando: Porque EU? - Tentar descobrir o que fez de errado para merecer isto...
- Dizer: Que bom, vou sair deste planeta horrível..
- Contar logo para alguém o seu macabro encontro, porque assim, Ela virá buscá-lo e você ficará rapidamente livre desta ansiedade.
 
- Tentar encontrar alguma maneira de ludibriá-la. - Sair matando todo mundo porque, se você vai morrer, que os outros também morram...
- Ficar trancado em casa com sua família.
- Ficar trancado na sua Igreja pedindo perdão e se arrependendo de seus pecados.
- Deixar seus negócios na mais perfeita ordem para que sua família esteja segura e garantida financeiramente. - Gastar tudo o que tem e se divertir tudo o que pode, seja lá como for.
 

- Falar tudo aquilo que tem vontade para todo mundo, inclusive para a família e para o patrão... - Fazer toda a caridade do mundo para que se lembrem de você como uma pessoa muito boa e rezem pela sua alma...
- Traçar um plano para agir rapidamente e aproveitar, da melhor maneira possível esta oportunidade recebida e o tempo que lhe resta.
     

Poderíamos pensar em outras mil atitudes a  serem tomadas. Nosso objetivo é que você perceba qual poderia escolher, de que maneira reagiria neste momento.
 

    A partir desta situação sua hierarquia de valores, provavelmente, deve ter mudado.    O que era muito importante deixou de ser e o que muitas vezes foi postergado, passa a ser vital. 
    Nesta brincadeira, o objetivo é que você entenda quais valores e necessidades deixaram de ser tão preciosos e quais passaram a ser fundamentais nesta sua breve vida.
    
Quando você não tem muito tempo de futuro, o enfoque  muda.  
Você não pode traçar objetivos a longo prazo. Percebe que tudo que podemos fazer pelos - ou com - nossos entes queridos, agora está limitado a somente setenta e duas horas.
 
    Agora, neste exato momento, pensando com honestidade na atitude que tomaria, analise:  

O quanto você está  longe do que na verdade quer?    O quanto  você se distanciou do que é  importante?  O quanto você deixou de fazer por medo? O quanto seu orgulho ou sua vaidade impediu que você agisse como realmente gostaria? O quanto seu tempo foi bem ou mal utilizado? O quanto seu preconceito impediu que você conhecesse ou experimentasse um mundo novo?

    
Por último: O quanto você perdeu de momentos que poderiam ter sido felizes?
 

   Se na hora do acordo, você escolheu traçar um projeto e agir rapidamente, parabéns, sua vida passou a ter sentido, criou metas a alcançar. Certamente nestes três dias você irá se livrar de muita bagagem desnecessária que só pesa e atrapalha o seu caminhar em direção ao seu destino maior e irá conhecer um outro mundo, uma nova realidade. A esta nova maneira de encarar o mundo, damos o nome de expansão da consciência.
    Se você teve outra escolha, pense com carinho nela, não se julgue e nem aceite o colapso de sua consciência, apenas tente compreender e alterar o que puder de seu comportamento em seu próprio benefício, lute a seu favor  nem que o mundo todo esteja contra, faça o melhor que puder,  afinal, não se esqueça, você tem apenas três dias...


   Fim da brincadeira!...
 
 
Fique feliz!...






Você tem muita sorte, por enquanto ainda há tempo para trabalhar na expansão de sua consciência.  Não espere pelo futuro, aposte no presente, ainda há tempo para ser feliz. 
   Lembre-se de que pode entrar para o novo milênio com a consciência que quiser.
    Não esqueça, a escolha é sua...




Hoje, isto tudo foi só imaginação...

 
 
Por: Zelinda Orlandi Hypolito

Este texto foi retirado do site:
Instituto de Pesquisas Psíquicas Imagick
 
 
Achei o máximo, é excelente para a nossa consciência. 
 
 
 

Sem comentários:

Tarot de OSHO clik

Se gosta de ERVAS e ESPECIARIAS CLIK

Se lhe interessa a NOVA ERA Clik

sábado, 20 de março de 2010

Consciência:







      Expansão ou Colapso 
"
"Omundo está maluco"; "Estou passando por uma situação muito difícil"; "Estou perdido, não sei o que fazer"; "Estou vivendo muitas mudanças";  "Meu dinheiro está acabando e não sei como recuperar"; "As pessoas estão muito agressivas";  "Ninguém mais respeita ninguém"; "Já não tenho certeza de como  agir"; "Tenho muito medo quando saio de casa"; "Não sei o que meu filho anda fazendo, ele está diferente, estou assustada"; "Não durmo enquanto meus filhos não chegam"; "Quero fugir desta cidade, sorte de quem consegue"; "Daqui uns anos eu vou embora"; "Será que essa crise não vai passar nunca?.."
 

        Estas são algumas das muitas frases que escutamos diariamente.  As pessoas percebem que estão ocorrendo mudanças e esta nova realidade os está assustando.
        Mas, qual é essa realidade?
        Com a proximidade da chegada do próximo milênio, todas as ordens religiosa/esotéricas falam em uma eminente alteração da consciência humana.
        Cria-se e propaga-se milhões de teorias apocalípticas caso não haja esta alteração e explicam quais serão as suas conseqüências.


         As pessoas indagam, caso o pior aconteça, se irão sobreviver de uma maneira ou de outra.  Nesta necessidade de continuar a existir,  pergunta se, pelo menos,  há vida após a morte.
     
         Vamos inverter esta pergunta para tentar respondê-la: 
                      Há vida antes da morte?

Vou propor a você uma brincadeira: Imagine um lugar onde tenha o costume de ficar só e aproveite para observar onde realiza o encontro consigo próprio.
 
     Porém, desta vez,  terá companhia: Olhe para a porta de entrada,  ela se abre e adentra seu mundo particular, com suas vestes negras e sua foice, a imagem da própria morte...      Ela penetra seu olhar seriamente e diz que  vai dar a você, a partir deste exato momento, setenta e duas horas. 

Ao final delas, com pontualidade,  virá lhe buscar.

    Neste acordo existe uma condição: ninguém poderá saber dele, caso contrário ela, num minuto, levará você....   Agora, com sinceridade, analise a reação que você acha que terá.
                                        
 
Pense nas várias opções possíveis:
 

- Revoltar-se contra o destino certo, sair de prumo, desesperar-se e passar o resto de seu tempo chorando e perguntando: Porque EU? - Tentar descobrir o que fez de errado para merecer isto...
- Dizer: Que bom, vou sair deste planeta horrível..
- Contar logo para alguém o seu macabro encontro, porque assim, Ela virá buscá-lo e você ficará rapidamente livre desta ansiedade.
 
- Tentar encontrar alguma maneira de ludibriá-la. - Sair matando todo mundo porque, se você vai morrer, que os outros também morram...
- Ficar trancado em casa com sua família.
- Ficar trancado na sua Igreja pedindo perdão e se arrependendo de seus pecados.
- Deixar seus negócios na mais perfeita ordem para que sua família esteja segura e garantida financeiramente. - Gastar tudo o que tem e se divertir tudo o que pode, seja lá como for.
 

- Falar tudo aquilo que tem vontade para todo mundo, inclusive para a família e para o patrão... - Fazer toda a caridade do mundo para que se lembrem de você como uma pessoa muito boa e rezem pela sua alma...
- Traçar um plano para agir rapidamente e aproveitar, da melhor maneira possível esta oportunidade recebida e o tempo que lhe resta.
     

Poderíamos pensar em outras mil atitudes a  serem tomadas. Nosso objetivo é que você perceba qual poderia escolher, de que maneira reagiria neste momento.
 

    A partir desta situação sua hierarquia de valores, provavelmente, deve ter mudado.    O que era muito importante deixou de ser e o que muitas vezes foi postergado, passa a ser vital. 
    Nesta brincadeira, o objetivo é que você entenda quais valores e necessidades deixaram de ser tão preciosos e quais passaram a ser fundamentais nesta sua breve vida.
    
Quando você não tem muito tempo de futuro, o enfoque  muda.  
Você não pode traçar objetivos a longo prazo. Percebe que tudo que podemos fazer pelos - ou com - nossos entes queridos, agora está limitado a somente setenta e duas horas.
 
    Agora, neste exato momento, pensando com honestidade na atitude que tomaria, analise:  

O quanto você está  longe do que na verdade quer?    O quanto  você se distanciou do que é  importante?  O quanto você deixou de fazer por medo? O quanto seu orgulho ou sua vaidade impediu que você agisse como realmente gostaria? O quanto seu tempo foi bem ou mal utilizado? O quanto seu preconceito impediu que você conhecesse ou experimentasse um mundo novo?

    
Por último: O quanto você perdeu de momentos que poderiam ter sido felizes?
 

   Se na hora do acordo, você escolheu traçar um projeto e agir rapidamente, parabéns, sua vida passou a ter sentido, criou metas a alcançar. Certamente nestes três dias você irá se livrar de muita bagagem desnecessária que só pesa e atrapalha o seu caminhar em direção ao seu destino maior e irá conhecer um outro mundo, uma nova realidade. A esta nova maneira de encarar o mundo, damos o nome de expansão da consciência.
    Se você teve outra escolha, pense com carinho nela, não se julgue e nem aceite o colapso de sua consciência, apenas tente compreender e alterar o que puder de seu comportamento em seu próprio benefício, lute a seu favor  nem que o mundo todo esteja contra, faça o melhor que puder,  afinal, não se esqueça, você tem apenas três dias...


   Fim da brincadeira!...
 
 
Fique feliz!...






Você tem muita sorte, por enquanto ainda há tempo para trabalhar na expansão de sua consciência.  Não espere pelo futuro, aposte no presente, ainda há tempo para ser feliz. 
   Lembre-se de que pode entrar para o novo milênio com a consciência que quiser.
    Não esqueça, a escolha é sua...




Hoje, isto tudo foi só imaginação...

 
 
Por: Zelinda Orlandi Hypolito

Este texto foi retirado do site:
Instituto de Pesquisas Psíquicas Imagick
 
 
Achei o máximo, é excelente para a nossa consciência. 
 
 
 

Sem comentários:

Caclule seu bioritmo - CLICK

TAROT DA CRUZ - Clik P/JOGAR

DIVULGANDO O LIVRO DE MARIA ALICE CERQUEIRA

Livro: "DOIS JOVENS EM BUSCA DA FELICIDADE " de uma amiga visite seu blog- clique na imagem

Livros grátis para download - todos os géneros

Blog Ebooks Grátis

Reflexão surpresa - clik

Reflexão surpresa - clik
de: SIMONE: Auto-ajuda

Acenda a sua vela

Acenda a sua vela
clik na imagem: