sexta-feira, 17 de junho de 2011

Saudade




saudade

saudade da minha casa
do aconchego
do calor
da Luz,
que aquecia
que me acalentava

me protegia
me fazia sentir segura
me fazia sentir na Paz

na alegria constante de Ser
de existir

de ser amada
sempre

de me sentir, como nunca aqui senti
nem sequer uma única vez

de sentir que faço parte de algo grandioso que só se entende
quando se está, aí, em casa, e junto a Ti

dos jardins encantados
das flores inebriantes

das multicores que só aí se sentem

olhando o céu,sentindo o vento bater no meu rosto, cabelos

vendo as árvores esvoaçar
os pássaros livres
 a pureza da chuva caindo no meu rosto

e que me trazem a saudade que sinto de Ti
sempre senti

desde que estou aqui ....

sózinha

aguardando que chegue a derradeira hora
a saborosa
a anestesiante
a desejada hora 
de me reunir a Ti

DEUS



Analuz







1 comentário:

Luar disse...

Minha mana querida

A volta a casa, será quando Ele quiser na hora que Ele decidir!!!

Por enquanto fazes muita falta ainda aqui...para nós...para mim!!!

Sinto-te triste...gosto muito de ti princesa linda.
Queria olhar nos teus e dizer-te o que te digo na escrita, mas sei que sentes tal como o sinto.
No dia em que quiseres, estarei aí...onde tu decidires para te amparar e ajudar a mudar esta vontade de adormeceres sem viver em plenitude as coisas boas da vida!

Meu beijo e um abracinho forte...super forte de irmã!

Tarot de OSHO clik

Se gosta de ERVAS e ESPECIARIAS CLIK

Se lhe interessa a NOVA ERA Clik

sexta-feira, 17 de junho de 2011

Saudade




saudade

saudade da minha casa
do aconchego
do calor
da Luz,
que aquecia
que me acalentava

me protegia
me fazia sentir segura
me fazia sentir na Paz

na alegria constante de Ser
de existir

de ser amada
sempre

de me sentir, como nunca aqui senti
nem sequer uma única vez

de sentir que faço parte de algo grandioso que só se entende
quando se está, aí, em casa, e junto a Ti

dos jardins encantados
das flores inebriantes

das multicores que só aí se sentem

olhando o céu,sentindo o vento bater no meu rosto, cabelos

vendo as árvores esvoaçar
os pássaros livres
 a pureza da chuva caindo no meu rosto

e que me trazem a saudade que sinto de Ti
sempre senti

desde que estou aqui ....

sózinha

aguardando que chegue a derradeira hora
a saborosa
a anestesiante
a desejada hora 
de me reunir a Ti

DEUS



Analuz







1 comentário:

Luar disse...

Minha mana querida

A volta a casa, será quando Ele quiser na hora que Ele decidir!!!

Por enquanto fazes muita falta ainda aqui...para nós...para mim!!!

Sinto-te triste...gosto muito de ti princesa linda.
Queria olhar nos teus e dizer-te o que te digo na escrita, mas sei que sentes tal como o sinto.
No dia em que quiseres, estarei aí...onde tu decidires para te amparar e ajudar a mudar esta vontade de adormeceres sem viver em plenitude as coisas boas da vida!

Meu beijo e um abracinho forte...super forte de irmã!

Caclule seu bioritmo - CLICK

TAROT DA CRUZ - Clik P/JOGAR

DIVULGANDO O LIVRO DE MARIA ALICE CERQUEIRA

Livro: "DOIS JOVENS EM BUSCA DA FELICIDADE " de uma amiga visite seu blog- clique na imagem

Livros grátis para download - todos os géneros

Blog Ebooks Grátis

Reflexão surpresa - clik

Reflexão surpresa - clik
de: SIMONE: Auto-ajuda

Acenda a sua vela

Acenda a sua vela
clik na imagem: