quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Mentes Treinadas




 

Os que desconhecem o amor inteligente, ainda que tenham
recursos para comprar o que quiserem e quando quiserem,
viverão de migalhas: migalhas de afeto, tranquilidade,
sentido de vida. Mendigarão o pão do prazer, da amizade, da
ternura. Serão gigantes por fora, mas tímidos meninos por
dentro.
Alguns deles cultivarão as próprias vaidades, não terão uma
relação romântica com seu ser, com a humanidade nem
muito menos com o meio ambiente. Se não se preocupam
consigo, como se preocuparão com a próxima geração? Se
destroem o ecossistema da sua mente, como cuidarão dos
ecossistemas da natureza? Se não procuram viver em
harmonia com seus pensamentos, se aquecem seu cérebro
com excesso de preocupações, como se preocuparão com o
aquecimento global? Você tem se preocupado com
ambiente da sua mente?
Para desenvolver um amor inteligente há segredos e
intrincáveis treinamentos. Quem quer aprender a amar
precisa:
Em primeiro lugar, enxergar que não existe destino. O
destino frequentemente é uma questão de escolha. Sim, há
fatos e circunstanciais que não controlamos. Mas o drama e
a comédia, os aplausos e as vaias, os sucessos e os fracassos,
estão ligados em grande parte às nossas decisões, atitudes,
caminhos traçados. Quem acredita em destino torna-se um
conformista, um especialista em reclamar e não um líder
capaz de transformar erros em acertos, lágrimas em
sabedoria, fracassos em etapas para se superar. Quantos não
vivem na lama do conformismo?
Em segundo lugar, precisa treinar sua emoção para sentir
prazer em fazer os outros felizes. Há prazer em ganhar
dinheiro, em viajar e ser reconheeido, mas não há maior
prazer do que contribuir com a inteligência e alegria dos
outros.
Terceiro, precisa equipar seu intelecto para observar o que as
palavras e as imagens não declaram. Necessita aprender a
ouvir mais do que falar e a sentir mais do que pensar.
Quarto, precisa desmistificar seu heroísmo, reconhecer sua
estupidez, estilhaçar seu orgulho.
Quinto, deve conhecer a arte de pedir desculpas e a arte de
desculpar. E, acima de tudo, deve aprender a se fazer
pequeno para tornar os pequenos grandes. Histórias de
relacionamentos saudáveis entre pais e filhos, professores e
alunos, maridos e esposas não requerem que as partes sejam
perfeitas, mas que ambas, apesar de imperfeitas, reconheçam
suas falhas, peçam desculpas sem medo e recomecem um
novo capítulo.
O amor inteligente estilhaça a autossuficiência e revela a
dependência. Vale mais do que ouro e pedras preciosas.
Renova o cansado, anima o abatido, torna fértil a mente
estéril. Sua ausência transforma jovens em idosos e sua
presença faz idosos voltarem a florescer da juventude.


AUGUSTO CURY

Sem comentários:

Tarot de OSHO clik

Se gosta de ERVAS e ESPECIARIAS CLIK

Se lhe interessa a NOVA ERA Clik

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Mentes Treinadas




 

Os que desconhecem o amor inteligente, ainda que tenham
recursos para comprar o que quiserem e quando quiserem,
viverão de migalhas: migalhas de afeto, tranquilidade,
sentido de vida. Mendigarão o pão do prazer, da amizade, da
ternura. Serão gigantes por fora, mas tímidos meninos por
dentro.
Alguns deles cultivarão as próprias vaidades, não terão uma
relação romântica com seu ser, com a humanidade nem
muito menos com o meio ambiente. Se não se preocupam
consigo, como se preocuparão com a próxima geração? Se
destroem o ecossistema da sua mente, como cuidarão dos
ecossistemas da natureza? Se não procuram viver em
harmonia com seus pensamentos, se aquecem seu cérebro
com excesso de preocupações, como se preocuparão com o
aquecimento global? Você tem se preocupado com
ambiente da sua mente?
Para desenvolver um amor inteligente há segredos e
intrincáveis treinamentos. Quem quer aprender a amar
precisa:
Em primeiro lugar, enxergar que não existe destino. O
destino frequentemente é uma questão de escolha. Sim, há
fatos e circunstanciais que não controlamos. Mas o drama e
a comédia, os aplausos e as vaias, os sucessos e os fracassos,
estão ligados em grande parte às nossas decisões, atitudes,
caminhos traçados. Quem acredita em destino torna-se um
conformista, um especialista em reclamar e não um líder
capaz de transformar erros em acertos, lágrimas em
sabedoria, fracassos em etapas para se superar. Quantos não
vivem na lama do conformismo?
Em segundo lugar, precisa treinar sua emoção para sentir
prazer em fazer os outros felizes. Há prazer em ganhar
dinheiro, em viajar e ser reconheeido, mas não há maior
prazer do que contribuir com a inteligência e alegria dos
outros.
Terceiro, precisa equipar seu intelecto para observar o que as
palavras e as imagens não declaram. Necessita aprender a
ouvir mais do que falar e a sentir mais do que pensar.
Quarto, precisa desmistificar seu heroísmo, reconhecer sua
estupidez, estilhaçar seu orgulho.
Quinto, deve conhecer a arte de pedir desculpas e a arte de
desculpar. E, acima de tudo, deve aprender a se fazer
pequeno para tornar os pequenos grandes. Histórias de
relacionamentos saudáveis entre pais e filhos, professores e
alunos, maridos e esposas não requerem que as partes sejam
perfeitas, mas que ambas, apesar de imperfeitas, reconheçam
suas falhas, peçam desculpas sem medo e recomecem um
novo capítulo.
O amor inteligente estilhaça a autossuficiência e revela a
dependência. Vale mais do que ouro e pedras preciosas.
Renova o cansado, anima o abatido, torna fértil a mente
estéril. Sua ausência transforma jovens em idosos e sua
presença faz idosos voltarem a florescer da juventude.


AUGUSTO CURY

Sem comentários:

Caclule seu bioritmo - CLICK

TAROT DA CRUZ - Clik P/JOGAR

DIVULGANDO O LIVRO DE MARIA ALICE CERQUEIRA

Livro: "DOIS JOVENS EM BUSCA DA FELICIDADE " de uma amiga visite seu blog- clique na imagem

Livros grátis para download - todos os géneros

Blog Ebooks Grátis

Reflexão surpresa - clik

Reflexão surpresa - clik
de: SIMONE: Auto-ajuda

Acenda a sua vela

Acenda a sua vela
clik na imagem: